0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Região

Prefeita de Itatiba quer diminuir custos para executar plano de governo

Adriana Tozzo pretende colocar funcionários do quadro de carreira para ocupar os cargos de secretariado

Adriana Tozzo foi reeleita em 2016
Por Paola Seibt - paola@jornalbomdia.com.br
Foto Najaska Martins

Frente a um pequeno orçamento e a necessidade de atender as demandas de 4.020 habitantes, a prefeita reeleita de Itatiba do Sul, Adriana Kátia Tozzo, pretende iniciar as atividades do próximo governo de forma mais enxuta, ainda mais se comparado ao atual panorama político-econômico com o da sua primeira eleição. O objetivo é economizar com a folha de pagamento, para que os serviços disponibilizados em saúde, educação, obras e agricultura não sejam diminuídos. “Vamos começar o próximo governo de forma ainda mais enxuta, utilizando os funcionários do quadro de carreira para os cargos de secretariado para diminuir o custo da máquina pública. Também não vamos preencher todos os cargos, por isso estaremos acumulando funções com os servidores,” explica a prefeita. Assim, ela acredita que irá conseguir cumprir com o plano de governo eleito nas urnas. “Iniciamos um novo governo procurando cuidar ainda mais do dinheiro público. Temos poucas possibilidades de conseguir recursos fora (governos federal e estadual) então teremos que gerenciar melhor ainda o orçamento próprio para que a gente possa colocar em prática nosso plano de governo,” avalia.

Para o próximo mandato, a meta é fomentar a agricultura evitando o êxodo rural e aumentando a área produtiva do município. “Com isso podemos gerar mais renda para os nossos munícipes e tentar segurar o jovem nas propriedades rurais,” comenta.

Itatiba do Sul tem economia essencialmente agrícola, com cerca de 700 propriedades rurais, com base na agricultura familiar. Os cultivos de maior produção são fumo, laranja, milho, soja e hortifrutigranjeiros.

O trecho não asfaltado de 27 quilômetros da RS-137, que liga Itatiba do Sul ao entroncamento da RS-480, deixa de desenvolver o município. As péssimas condições de trafegabilidade dificultam o escoamento da produção e não oferecem atrativo para empresas e indústrias. “Se pegarmos a época em que é feito o transporte do fumo, em especial pelo tamanho das cargas, estamos toda semana com máquinas na estrada puxando caminhões devido a falta de trafegabilidade,” comenta.

Trajetória

Adriana se filiou ao PT em 1998. Entre 2001 a 2006 foi secretária de Saúde, depois exerceu cargos de diretora e vice-diretora de escola, coordenadora pedagógica e professora da rede municipal e estadual de ensino. Em 2012 foi eleita prefeita de Itatiba do Sul, a primeira mulher a ocupar o cargo no Executivo municipal. Agora em 2016 foi reeleita. Ela é professora, formada em História, especialista em Supervisão e Gestão Escolar. 

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas