Publicidade

Segurança

Ministério Público Federal solicita apoio para conter conflito na Terra Indígena de Votouro

Instauração de inquérito policial foi requisitada pelo MPF em Erechim à Polícia Federal

Benjamin.png
Por Da redação
Foto Fernando Genro

O Ministério Público Federal (MPF) em Erechim requisitou à Polícia Federal que instaure inquérito policial para apurar os crimes ocorridos na Terra Indígenas de Votouro, localizada em Benjamin Constant do Sul, e também que adote, em coordenação com a Brigada Militar, as providências necessárias para restabelecer a segurança naquele local. 

O pedido foi feito porque foi deflagrado na quarta-feira (08) um grave conflito entre indígenas na Terra Indígena de Votoruro, ocasião em que ao menos duas pessoas foram atingidas por disparos de arma de fogo, sendo que uma delas veio a óbito.

O MPF também está fazendo contato com a Brigada Militar para eventual reforço do efetivo policial e acompanhará o desenrolar dos fatos juntamente com a Funai.

Entenda o caso

Na tarde de quarta-feira (8), um conflito na reserva indígena resultou na morte de um homem e outros três gravemente feridos. A reportagem do Bom Dia, conversou com os moradores do local, onde os mesmos relataram que há mais de 90 dias, houve perturbações em função a uma rixa que existe entre duas famílias. 

Nossa reportagem em conversa com os moradores do local, descobriu que há mais de 90 dias já havia perturbações em função de uma richa entre duas famílias.

Segundo o delegado da Polícia Federal, Mário Luis Vieira, o motivo do homicídio ainda não está esclarecido. "A Polícia Federal está trabalhando agilmente para investigar e descobrir o que realmente fez com quem as tribos iniciasse esta disputa, preocupando a cidade de Benjamin Constant do Sul e toda região do Alto Uruguai", finaliza o delegado.  

 

 

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas