Euro R$ 3,96 Dólar R$ 3,23

Publicidade

Blog de Rodrigo Finardi

  • Integrar serviços de saúde deve ser obsessão dos gestores públicos

    Por Rodrigo Finardi
    Foto Rodrigo Finardi

    Pronto Socorro do Santa na maioria de seus atendimentos não é de urgência e emergência, o que sobrecarrega o sistema

    Conversando com usuários das Unidades Básicas de Saúde e também profissionais da Saúde da Fundação Hospitalar Santa Terezinha é fácil detectar porque tantas pessoas procuram o Pronto Socorro do Hospital.

    A demora no atendimento, muitas vezes falta de médico e número limitado de consultas nas Unidades Básicas de Saúde, faz com que muitos procurem a UPA (Unidade de Pronto Atendimento). Não satisfeitos com os serviços buscam o Pronto Socorro onde o atendimento é mais rápido.

    As vezes uma simples dor de garganta o paciente procura o Santa. Esse problema poderia ser resolvida nas UBSs e pelo PSF (Programa Saúde da Família). Tem gente que procura o hospital para renovar receita. Um destes profissionais do Santa me relata: “O hospital resolve tudo pois é de livre demanda”, cobrando que a estrutura de saúde pública da cidade funcione melhor.

    De todos os atendimentos do Pronto Socorro que deveria ser só urgência e emergência, em torno de 90% não é. “O trabalho integrado não está funcionando, o que sobrecarrega o sistema público de saúde”, relata um funcionário do Santa.

    Outra informação que obtive é que muitos procuram o PS para pedir atestado e muitas vezes nem precisariam: “na metade da tarde e diante começam mandar pacientes (referindo-se às UBSs) para o Santa”. Ainda mais em período de férias, quando o número de médicos diminui consideravelmente.

    Essa relação entre UBS e o Santa Terezinha não é de hoje. O serviço público tem seus problemas, mas quem utiliza acaba exagerando às vezes. Sobre integrar os serviços, deveria ser uma obsessão por parte dos gestores, pois o custo da saúde é muito alto.

     

    A noiva da vez, whatsapp a indicação da coordenadora da 15ª CRE

    O Coordenador Regional do MDB, Edgar Marmentini, em reunião na última sexta-feira (12) com 16 dos 31 municípios do Alto Uruguai, solicitou aos filiados atenção em dois pontos. Primeiro no grupo do whatsapp com as postagens, para evitar desgaste desnecessário. E segundo na indicação da nova Coordenadora Regional de Educação. Segundo ele os “Progressistas” são a noiva da vez junto ao governo Sartori. Antes era o PDT e por isso é necessário ficar atento.

    A indicação da região e do MDB de Erechim é para que a adjunta Clarisse Maronesi assuma a titularidade da coordenadoria. Já para o cargo de coordenadora adjunta até amanhã (17) a microrregião que envolve Getúlio Vargas, Estação, Ipiranga do Sul, Charrua e Floriano Peixoto indicará o nome.

     

    Erechinenses no diretório estadual do PHS

    No sábado (14), em Porto Alegre teve eleição do Diretório Estadual do PHS, e o presidente do partido em Erechim, Rogério Pizzatto ficou no Conselho Fiscal. Já o secretário Roberto Pereira, eleito como membro do diretório. Na oportunidade, Pizzatto e o presidente estadual da sigla Rubens Rebes filiaram o suplente de vereador Moacir Pappis, que deixa o Solidariedade e ingressa no PHS.

     

    Até o final do mês será conhecido o pré-candidato do MDB para deputado federal

    A reunião do MDB para definir quem será o pré-candidato da região para deputado federal teve algumas alterações da proposta inicial. Antes o prazo final para definição do nome era 22 de fevereiro. Foi antecipado para 31 de janeiro. E no dia 1º de março pretendem fazer o lançamento do pré-candidato para as eleições de outubro. Os 31 municípios que compreendem a coordenadoria no Alto Uruguai (exceto Sertão) farão reuniões e indicarão o nome de sua preferência entre o ex-prefeito de Erechim Paulo Alfredo Polis e o empresário de Marcelino Ramos Vannei Mafissoni (Delfim).

    No início da reunião na última sexta-feira (12), os dois postulantes a pré-candidato falaram aos presentes na Casa do MDB em Erechim. 

    Delfim foi o primeiro a falar. Disse que a região precisa sair unida independente do nome que for escolhido: “precisamos trabalhar, em cada canto e buscar os votos das pessoas”.

    Para Paulo Polis o MDB está mostrando como se faz democracia com esse processo interno de escolha: “a região precisa de um deputado federal para entrarmos na primeira faixa dos recursos”.

     

    Negado pedido de impugnação das escolas privadas

    A prefeitura de Erechim, através da Secretaria de Educação não aceitou o pedido de impugnação do edital de credenciamento das dez escolas privadas para fornecer 724 vagas para crianças entre 0 e 3 anos e 11 meses.

    Na alegação das escolas o valor por aluno que estaria muito baixo, contravenções em consonância com ata em reunião na secretaria e segundo as escolas o acordo firmado não é o mesmo do que está no edital.   

    Na resposta da Secretaria de Educação, negou o pedido pois o edital, segundo nota da prefeitura, não apresenta qualquer irregularidade ou ilegalidade não havendo motivos para impugnação: “os requisitos do edital são exigências mínimas para a garantia de uma adequada prestação de serviços ora contratado”.

    O credenciamento das escolas particulares iniciou ontem e encerram hoje, 16 de janeiro.

     

    Schmidt recebe diretor-presidente da Corsan: não prometeu e nem se comprometeu

    O prefeito de Erechim, Luiz Francisco Schmidt recebeu na manhã de ontem (15) o diretor-presidente da Corsan Flávio Ferreira Presser. A Companhia apresentou uma proposta como sendo idêntica ao edital que foi suspenso na última sexta-feira (12) pelo Tribunal de Contas do Estado, após denúncia da própria Corsan e acatado pelo Executivo.

    Schmidt foi cauteloso com a estatal como deve ser em função de dissabores ao longo da concessão em Erechim. Não prometeu e nem se comprometeu. Viu avanços na proposta, mas não abre mão da redução das tarifas. Quer uma análise técnica feita por especialistas para depois se pronunciar sobre o futuro do contato de abastecimento de água e esgotamento sanitário.

     

    Araújo coloca nome à disposição do PTB para concorrer a deputado estadual

    O PTB não tem pré-candidato oficial para concorrer para deputado estadual nas eleições de outubro. Conversando com o vereador Claudemir de Araújo relatou que se o partido não tiver candidato, está disposto a concorrer: “sou partidário. Se necessário for coloco meu nome à disposição da sigla, mas não posso ser candidato de mim mesmo”.

     

    O apelo para lojistas e funcionários: deixem os carros em casa

    Profissional liberal que trabalha no centro de Erechim faz um apelo para lojistas e funcionários das lojas. Para que venham trabalhar de transporte coletivo, a pé, de carona, mas que não venham de carro: “precisamos deixar o estacionamento para os clientes, enquanto os parquímetros não estiverem funcionando. Muitos clientes acabam desistindo de entrar nas lojas por não conseguirem vagas. Em dia de chuva é um verdadeiro caos”.

     

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Sagitário
22/11 até 21/12
Boa nova, sagitariano: o ingresso de Marte em seu signo....

Ver todos os signos

Publicidade