Publicidade

Rural

Viver do meio rural é ainda a melhor alternativa

Para isso tem que diversificar a produção, afirma um dos pioneiros da Feira do Produtor Genuíno Benderozicz

Importante diversificar a produção para ter rendimento, diz Genuino
Por Ígor Dalla Rosa Müller
Foto Ígor Dalla Rosa Müller

Um dos pioneiros da Feira do Produtor, juntamente com seu pai, Genuíno Benderozicz cultiva hortifrútis e vende seus produtos há 39 anos. “Começamos quando ainda era no pátio da prefeitura. Desde a abertura da feira, até hoje, estamos aí. Já está na hora quase de parar”, observa.

Conforme Genuíno, a agricultura familiar proporciona todo o dia um pouco de rendimento e viver do meio rural é ainda a melhor alternativa. “Sim, é satisfatório, porque é um dinheiro que entra diariamente”, destaca.

Nos dias de hoje, outro ponto favorável da agricultura é que se cultivam os alimentos com mais facilidade. “Tem mais meios de produzir, mas o trabalho, a mão do produtor tem que estar ali igual. Não é fácil, se quiser colher tem que ficar em cima das plantas, tem que ter dedicação”, explica.

Ele ressalta ainda que é muito importante diversificar a produção para ter rendimento. “Uma atividade só não dá para viver, tem que ter outras. Planto soja, milho e tenho vaca de leite também”, afirma.

Hoje, a sucessão familiar está encaminhada, depois de se formar, um dos dois filhos voltou a trabalhar com o pai. Atualmente, o outro filho está fazendo faculdade, mas retorna todo dia para casa. A sua esposa, que sempre o acompanhou, está a nove meses afastada das atividades por problemas de saúde.

Quem está na agricultura, apesar das dificuldades, não deve deixar esse ramo e ir para a cidade, observa o experiente produtor. “Porque hoje tem que ser muito bem empregado para sobreviver na cidade, senão não sobrevive. E no campo por mais mal que vá, fome não passa”, conclui.

“Não é fácil, se quiser colher tem que ficar em cima das plantas, tem que ter dedicação”, diz Genuíno

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas