Publicidade

Rural

Agricultura precisa de mais investimentos

Setor passa por dificuldades com custo elevado, muita concorrência e diminuição nas vendas, diz produtor Hermes José Solenta

Hermes José Solenta
Por Ígor Dalla Rosa Müller
Foto Ígor Dalla Rosa Müller

“Fiz a minha vida em cima da agricultura e ainda vou ter que continuar mais alguns anos”, afirma o produtor da Linha América Hermes José Solenta, que cultiva hortifrútis em geral.

Conforme Hermes, a agricultura enfrenta dificuldades, principalmente, “a pequena agricultura, que está perdendo campo para as grandes plantações”. Além disso, “de um ano e meio para cá as vendas caíram bastante”, afirma.  

O produtor, que dedica sua vida a produzir alimentos, explica que a agricultura mudou nos últimos anos com a presença da tecnologia, no entanto, com isso aumentou também o custo. “O produto tem mais qualidade, mas também bastante concorrência”, afirma.

O retorno financeiro, ultimamente, está menor que há dois anos, lembra Hermes. “Tinha um resultado bem melhor, porque as vendas eram maiores, hoje está bem mais difícil trabalhar”, enfatiza.

O cultivo dos hortifrútis é realizado pelo produtor e sua esposa, os filhos foram para cidade e não querem continuar na atividade. “A tendência no ritmo que anda vai ser permanecer os grandes, os pequenos vão ter pouco espaço. Essa é a realidade”, comenta.   

Ele explica que a feira é um bom lugar para o pequeno produtor comercializar seus produtos. “Só que a gente está tendo muita concorrência dos grandes mercados, mesmo o produto não tendo a mesma qualidade”, observa.

Segundo Hermes, o que mantém a feira é a qualidade do produto, porque não tem como concorrer com preço. “A nossa venda é pequena, não temos como sobreviver vendendo pouco com preço baixo”, destaca.

Para ele, o governo tem que investir mais na agricultura familiar para não aumentar a pobreza nas cidades. “Porque senão vai concentrar tudo em poucas mãos e as pequenas famílias vão acabar sofrendo. Com a comida se distribui a riqueza. Se não tiver isso, vai acabar que as pessoas vão ter que viver de Bolsa Família”, explica.   

Hermes leva agricultura como sua paixão, jeito de ser e viver. “Gosto do que faço. Se mudar tem que ser para outro lugar, não tenho condições de fazer outra coisa a não ser plantar hortifrútis, meu espaço de terreno é pequeno”, conclui.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas