Publicidade

Rural

Agroindústria de Erechim recebe maior premiação da Expointer

Niara Laticínios Artesanais foi recentemente premiada com o Troféu Senar – O Sul

"Isso faz acreditar ainda mais no nosso trabalho e na produção de alimentos" , diz Bruna
Por Ígor Dalla Rosa Müller
Foto Divulgação

A agroindústria Niara Laticínios Artesanais de Erechim foi recentemente premiada com o Troféu Senar – O SUL na categoria Agroindústria Familiar Rural, o mais importante da Expointer e um dos mais significativos prêmios do agronegócio do Rio Grande do Sul (RS). A solenidade reuniu lideranças do setor no RS e Brasil e aconteceu na Associação Leopoldina Juvenil em Porto Alegre, no último dia 26 de agosto.

Segundo Bruna Dariva, que está à frente da agroindústria familiar há sete anos, receber um prêmio desse porte consolida o trabalho que vem sendo realizado pela família há 26 anos. “É ter a certeza que a gente está no caminho certo. Isso faz acreditar ainda mais no nosso trabalho e na produção de alimentos que é feita com muito amor”, observa.

“É a sétima edição que a gente participa, a premiação acontece todos os anos, onde são selecionados os melhores empreendimentos do Estado, não só no segmento da agroindústria. Fomos eleitos a melhor agroindústria familiar do Estado”, salienta.  Para receber a premiação são analisados vários fatores, desde apresentação de produtos, qualidade e desenvolvimento.

Bruna explica que ela já faz parte de um processo de sucessão familiar, que a sua agroindústria existe há 26 anos e foi a primeira do município de Erechim, iniciando a produção de queijo com o seu pai Celestino Dariva e Nely Piran Dariva. Atualmente, a Niara Laticínios Artesanais industrializa cerca de 2 mil quilos de queijo por mês.  

Ela ressalta que a agroindústria se especializou em queijos artesanais como uma estratégia para agregar mais valor ao trabalho da agricultura familiar. Para isso, chegou a fazer um intercâmbio na França, país considerado referência na produção de queijos no mundo. Hoje, além do queijo colonial tradicional a Niara Laticínios Artesanais tem mais seis tipos de queijos.

Bruna ressalta que todo o processo de fabricação ainda é familiar e totalmente artesanal e a produção dos queijos é basicamente comercializada em feiras e supermercados locais. A matéria-prima utilizada na agroindústria vem da parceria com vários produtores de leite.  

De acordo com Bruna, esse reconhecimento mostra a força que tem a agricultura familiar, a sua importância na produção de alimentos e, também, porque é através dela que muitos jovens irão permanecer no campo.

Por fim, Bruna ressalta que é fundamental acreditar no trabalho. “Como eu acreditei e estou colhendo os frutos”, conclui.  

Agroindústrias

Além da agroindústria Niara Laticínios Artesanais participaram também da Expointer a Guarnieri Sucos e Vinhos, Rubbo Massas e a Cooperativa Cooperfamília levando os produtos das agroindústrias de Paulo Balat (panifícios), Volnei Mariga (queijos), Alcides Mariga (queijos), Claudemir Mariga (embutidos) e Alcides Fagundes (farinha de milho).

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas