Publicidade

Estado

Salários de até R$ 1.750 serão quitados ainda nesta quinta-feira

Palácio Piratini
Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

O governo do Estado fechará a semana antes do feriado da Independência quitando a folha de agosto para 38,5% dos servidores do Poder Executivo. Ainda nesta quinta-feira (6), serão pagos os salários líquidos entre R$ 1.500 e R$ 1.750. São cerca de 28,4 mil matrículas que se encontram nesta faixa salarial, para quem o crédito estará disponível nos bancos entre o final da tarde e o início da noite. Com mais este depósito, a Secretaria da Fazenda chega a 131.237 vínculos com a folha em dia desde a virada do mês.

Para atender este grupo foram necessários R$ 50,1 milhões, recursos com origem na variação dos saldos do caixa único. Na última terça-feira (4) foram quitados os salários para os servidores com rendimento entre R$ 1.300 e R$ 1.500. No mesmo dia houve o pagamento integral aos funcionários vinculados às fundações, o que exigiu outros R$ 25 milhões em caixa.

R$ 7 mil até o dia 13

Segue a programação da Fazenda de quitar até 13 de setembro os salários líquidos de até R$ 7 mil. Com este valor, serão 90% dos vínculos com a folha integralizada até esta data, o que representa 308.700 matrículas. A quitação aos servidores que ganham acima deste salário líquido será efetuada de acordo com o comportamento da receita a partir desta data.

A parte líquida da folha de agosto fechou em R$ 1,208 bilhão, sem considerar os valores das consignações. Ao todo, o Executivo contempla mais de 341,4 mil vínculos entre ativos, inativos e pensionistas.

FOLHA SALARIAL DE AGOSTO – SERVIDORES DO PODER EXECUTIVO

• Dia 31/08 – Até R$ 1.300 líquidos (77.199 matrículas) – R$ 82,1 milhões
• Dia 31/08 – 8ª parcela do 13º salário de 2017 – R$ 118 milhões
• Dia 31/08 – Indenização pelo atraso / folha de julho – R$ 1,5 milhão 
• Dia 04/09 – Quitação dos salários das fundações – R$ 25 milhões
• Dia 04/09 – Até R$ 1.500 líquidos (102.893 matrículas no acumulado) – R$ 39,4 milhões
• Dia 06/09 – Até R$ 1.750 líquidos (131.337 matrículas no acumulado) – R$ 50,1 milhões.

Publicidade

Blog dos Colunistas