Publicidade

Segurança

Fluxo de veículos nas rodovias da região deve aumentar 30% durante feriadão

Comandante do Grupo Rodoviário da Brigada Militar de Erechim, sargento Sandro Lazzarin, pede que condutores tenham atenção redobrada nas rodovias e não exagerem na velocidade

Ação visa que o feriado de Nossa Senhora Aparecida seja tranquilo no trânsito
Por Alan Dias
Foto Alan Dias

Começa à meia-noite desta quinta-feira (11) a 94ª edição da Viagem Segura. A ação, que envolve Polícia Rodoviária Federal, Detran/RS, Polícia Civil, Brigada Militar e Comando Rodoviário da Brigada Militar, se estende até a zero hora de domingo (14).

Segundo o comandante do Grupo Rodoviário da Brigada Militar (GRBM) de Erechim, sargento Sandro Lazzarin, a previsão é de que o fluxo de veículos nas rodovias do Alto Uruguai aumente em aproximadamente 30%. “Como a previsão é para um feriadão com chuva, a gente pede que os condutores tenham atenção especial na estrada, que reduzam a velocidade, usem os equipamentos de segurança, como cinto de segurança, bebê conforto e cadeirinha, além de que realizem revisão nos veículos e verificação das condições dos pneus”.

 

Acidentes

 

Segundo divulgado pela Assessoria de Comunicação do Detran, análise dos acidentes fatais no Estado, decorrentes dos feriados de Nossa Senhora Aparecida, entre 2007 e 2017, aponta que a média de mortes foi de 6,3/dia, índice menor que a média geral dos finais de semana, que é de 7,2 mortes/dia. “Isso representa que a cada três horas e 35 minutos uma pessoa perde a vida no trânsito do RS nesse feriado”, explica a assessora do Detran, Martha Postiglione Serrano.

Ano passado, com o 12 de outubro caindo numa quinta-feira, a operação durou cinco dias e contabilizou 19 mortes, média de 3,8 por dia. Em 2016 as mortes alcançaram a maior média. O feriado naquele ano caiu em uma quarta-feira, a operação durou apenas 24 horas e foram contabilizadas 12 vidas perdidas.

A assessora conta que nos últimos 10 anos, 52% das mortes ocorreram em rodovias e concentraram-se nos dias de ida e nos intermediários, no turno da noite. “Recomenda-se um cuidado redobrado nesses dias e horários”, alerta.

Os municípios que registraram maior número de vítimas fatais foram Porto Alegre (17), Pelotas (9), São Leopoldo (7), Alvorada, Novo Hamburgo e Gravataí (com 6 cada).

 

Restrição de tráfego

 

De acordo com o GRBM, durante o feriadão haverá restrição de tráfego na região, a fim de promover a fluidez do trânsito, assim, haverá horários específicos para veículos com carga excedente e bitrem, tritrens e rodotrens. De acordo com o órgão, na quinta-feira (11) a restrição acontece das 16h às 24h; na sexta-feira (12), das 6h às 12h; e no domingo (14), das 16h às 24h.

Além de autuação, motoristas que trafegarem nos horários inapropriados serão impedidos de seguir a viagem até que encerre o impedimento.

 

Viagem Segura

 

Ainda de acordo com informações divulgadas pelo Detran, as 93 edições da Viagem Segura contabilizam mais de 5,4 milhões de veículos fiscalizados e 210 mil testes de etilômetro. Foram registradas mais de 962,9 mil infrações, das quais 19 mil autuações por embriaguez, incluindo as recusas ao teste do bafômetro. A fiscalização também recolheu 89,9 mil veículos e 24,6 mil CNHs.

Publicidade

Blog dos Colunistas