Publicidade

Rural

Trigo: avaliação é positiva até o momento

Nos próximos dias inicia o plantio da soja, milho já está sendo implantado

Lavoura de milho na Linha Gramado. Preço do milho em alta impacta diretamente nas criações de suíno,
Por Ígor Dalla Rosa Müller - regiao@jornalbomdia.com.br
Foto Igor Muller

Esse é um período de atenção nas principais culturas de grãos, amadurecimento do trigo, implantação do milho e preparação da mais relevante cultura de verão: a soja. 
Segundo o engenheiro agrônomo, Adriano Szynkaruk, da Emater Municipal de Erechim (RS), 25% da cultura do trigo está em desenvolvimento vegetativo, 45% em floração e 30% em enchimento de grãos. A área cultivada no município está em torno de 1400 hectares.
O agrônomo enfatiza que o valor da saca paga hoje ao produtor cobre o custo de produção e gira em torno de R$40 a R$44 com bonificações das empresas. "Varia entre esses valores e paga o custo de produção", afirma. 
Segundo Adriano, a produtividade esperada é de 3600 quilos por hectare, de 60 sacas por hectare, que é a média do município. A previsão para início da colheita é no mês de novembro. "Até agora o clima está correndo bem, as geadas nas baixadas devem gerar algumas perdas no trigo que estava em floração, mas só será possível se quantificar na colheita", destaca. 
O agrônomo enfatiza que de modo geral a cultura está bem. No entanto, tem que ser avaliado também as chuvas na floração com relação aos fungos, mas só na colheita vai se medir os reflexos. 
Verão
Com relação ao milho, observa Adriano, a área plantada no município é de 1320 hectares, sendo que mais de 25% está em fase de desenvolvimento vegetativo, em torno de 330 hectares. Houve um pouco de atraso no plantio em função do clima úmido e pouco sol. Ele explica que o custo de produção do milho passa de R$2400 por hectare e isso depende da tecnologia adotada pelo produtor. 
O agrônomo ressalta que o preço do milho está em alta, e essa situação impacta diretamente nas criações de suíno, frango e leite. "Que estão sofrendo bastante com o preço em alta. Isso acaba prejudicando bastante", afirma. O produtor que tem milho em casa estocado está ganhando até R$45 a saca. 
Adriano ressalta que o produtor que busca milho para alimentar os animais está encontrando um valor elevado. "Ano passado nessa época o preço estava bem menos, agora sobe porque é entressafra e estimativa de plantio", observa. 
Soja 
Na cultura da soja as áreas foram dessecadas e estão num momento de intenção de plantio no município, que começa a partir do dia 15 desse mês, com uma área total em Erechim de 9700 hectares. "Não tem nada plantado ainda significativamente", observa.
O agrônomo comenta que o preço da soja varia hoje de R$79 a R$85 a saca com as bonificações. Segundo Adriano, os custos subiram em função da elevação do dólar e especulação financeira nessa hora. "Aí mexe com todos os preços agrícolas, principalmente das commodities, o custo da soja passa de R$2200 por hectare", conclui.

 

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas