Publicidade

Estado

Estado paga salários de até R$ 15.000 nesta terça-feira

Palácio Piratini
Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

O governo do Estado irá depositar, nesta terça-feira (23), os salários para os servidores com rendimento líquido entre R$ 10.000 e R$ 15.000. No acumulado, agora são 336,5 mil matrículas com a folha em dia desde a virada do mês, o que representa 98,5% dos vínculos do Poder Executivo. São pouco mais de 7.700 servidores que se encontram nesta faixa salarial, para quem os valores estarão disponíveis na rede bancária nas primeiras horas da manhã.

Para atender a este grupo de funcionários foram necessários R$ 96,6 milhões, recursos que a Secretaria da Fazenda dispôs a partir da variação dos saldos do caixa único e da arrecadação de impostos. A Fazenda está empenhada em realizar o pagamento ao grupo de 5.200 contratos ainda pendentes (1,5% das matrículas) até o final desta semana, dependendo do ingresso da receita do ICMS nestes dias.

No mês de setembro, a receita fechou em R$ 2,708 bilhões (incluindo receitas extraordinárias como os saques no caixa único), porém as despesas no mesmo período alcançaram R$ 3,705 bilhões (déficit financeiro de R$ 995 milhões). Ainda na última sexta-feira (19), foram pagos os valores referentes ao vale-refeição aos servidores do Poder Executivo. São cerca de 106 mil matrículas que têm direito a receber o benefício, o que demandou o repasse de R$ 28 milhões.

A parte líquida da folha de setembro fechou em R$ 1,209 bilhão, sem considerar os valores das consignações. Ao todo, o Executivo contempla neste mês mais de 341,7 mil vínculos entre ativos, inativos e pensionistas.

FOLHA SALARIAL DE SETEMBRO – SERVIDORES DO PODER EXECUTIVO

• Dia 28/9 – Até R$ 1.300 líquidos (78.310 matrículas) – R$ 82,7 milhões
• Dia 28/9 – 9ª parcela do 13º salário de 2017 – R$ 114,5 milhões
• Dia 28/9 – Indenização pelo atraso / folha de agosto – R$ 1,5 milhão 
• Dia 2/10 – Quitação salários das fundações – R$ 25 milhões
• Dia 9/10 – Até R$ 1.500 líquidos (103.632 matrículas no acumulado) – R$ 38,8 milhões
• Dia 10/10 – Até R$ 3.200 líquidos (218.189 matrículas no acumulado) – R$ 266,1 milhões
• Dia 11/10 – Até R$ 5.000 líquidos (277.671 matrículas no acumulado) – R$ 254,5 milhões
• Dia 16/10 – Até R$ 10.000 líquidos (328.792 matrículas no acumulado) – R$ 365,5 milhões
• Dia 19/10 – Vale-refeição (106 mil matrículas) – R$ 28 milhões
• Dia 23/10 – Até R$ 15.000 líquidos (336.540 matrículas no acumulado) – R$ 96,6 milhões.

Publicidade

Blog dos Colunistas