Publicidade

Segurança

Em dois meses, 12 pessoas foram presas por roubos à bancos na região

Inquérito sobre os roubos em Entre Rios possui mais de 600 páginas e investigação resultou em sete prisões

Inquérito foi encaminhado para o Poder Judiciário de São Valentim
Por Alan Dias
Foto Polícia Civil

A Polícia Civil de Entre Rios do Sul concluiu na manhã desta terça-feira (6) o inquérito que apurou os crimes de Roubos aos Bancos Banrisul e Sicredi do município, no último dia 30 de agosto. Ao todo foram responsabilizados sete criminosos, contra os quais foi decretada prisão preventiva e já se encontram presos.

A investigação ficou à cargo do delegado responsável pela DP do município, Marino Franceschi, e segundo a delegada regional de Polícia Civil, Diana Zanatta, “foram inúmeras diligências policiais que culminaram com robusta prova de autoria em mais de seiscentas páginas”. O inquérito foi encaminhado para o Poder Judiciário de São Valentim.

A primeira prisão ocorreu em Cruzaltense, no dia seguinte ao roubo e a segunda foi registrada em Erechim, no dia 03 de outubro. No dia 12 a Polícia Rodoviária Federal prendeu em Santo Antônio das Missões, cinco homens suspeitos de assaltos a bancos, sendo que alguns foram apontados como tendo participação nos roubos ocorridos em Entre Rios do Sul. Na sequência a polícia realizou novas prisões em Cruzaltense e Erechim.

Além das prisões pelos roubos ocorridos em Entre Rios do Sul, a polícia também já capturou pelo menos cinco suspeitos de envolvimento em roubos a agências bancárias de Paim Filho, crimes ocorridos no dia 28 de setembro. As prisões ocorreram em Paim Filho e Maximiliano de Almeida. Ao todo, nos últimos dois meses, 12 pessoas foram presas por suspeita de assaltos à bancos na região.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas