0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Segurança

Assalto em Tapejara termina com confronto e prisões na região

Um dos indivíduos foi preso após cerco em área de mata
Por Alan Dias
Foto BM

Roubo a uma residência em Tapejara terminou com confronto e duas prisões realizadas pela Brigada Militar (BM) em municípios da região. O crime ocorreu na tarde de segunda-feira (29), os bandidos fugiram, mas foram surpreendidos pela polícia.

Segundo informações divulgadas pela Rádio Tapejara, os criminosos pularam o muro de uma residência na Rua Júlio de Castilhos, agrediram a moradora com uma coronhada e fugiram levando cerca de R$ 6,5 mil. Na fuga a dupla usou um Ford Ka, que constava no sistema como tendo sido roubado em Porto Alegre.

A BM foi informada do fato e uma guarnição do município de Água Santa se deparou com o carro, que se deslocava em sentido a Charrua. Os policiais iniciaram acompanhamento e receberam reforço do policiamento de Tapejara.

Já em Sertão, nas proximidades da ponte sobre o Rio Ligeiro, os assaltantes abandonaram o veículo e se embrenharam numa área de mata.

Brigadianos de Getúlio Vargas deslocaram para auxiliar os policiais que já estavam no local e utilizaram um drone nas buscas pela dupla, que foi localizada pelo aparelho, escondida em meio a uma plantação de milho.

Os policiais receberam reforços de Floriano Peixoto, Sertão, Erebango e Estação, foram até o local e houve troca de tiros, em seguida os bandidos se separaram e fugiram. Um deles acabou cercado e antes de ser preso teria jogado no rio que passa pela área, a arma utilizada no assalto e no confronto. Ele, que não teve o nome divulgado, havia saído do presídio de Guaporé a menos de uma semana. O carro utilizado na fuga foi apreendido.

A BM manteve as buscas na região e na quarta-feira (1) recebeu denúncia sobre um indivíduo suspeito circulando pela divisa dos municípios de Tapejara e Charrua.

Guarnições de Getúlio Vargas iniciaram buscas na área e localizaram o suspeito. Com ele foi encontrado um revólver, calibre 38, três munições intactas e R$ 4,8 mil em dinheiro. Foi constatado que ele se encontrava com mandado de prisão expedido e ele foi recolhido ao presídio de Getúlio Vargas. A polícia apura a participação dele no roubo ocorrido em Tapejara.

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas