0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Rural

Atividade leiteira é foco de seminário microrregional

Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

O Seminário Microrregional de Leite reuniu em São Valentim mais de 150 pessoas, entre técnicos da Emater/RS-Ascar e produtores ligados à atividade de sete municípios do Alto Uruguai, na sexta-feira (14).  O evento foi promovido pela Emater/RS-Ascar e Prefeitura de São Valentim, com apoio do Sicredi, da Tortuga e da Milk Seeds, e envolveu os municípios de São Valentim, Barão de Cotegipe, Benjamim Constant do Sul, Entre Rios do Sul, Erval Grande, Faxinalzinho e São Valentim.

Na parte da manhã, foram realizadas as palestras técnicas, no CTG Ronda Crioula. O médico veterinário Francisco Van Riel, da Tortuga, apresentou um panorama geral sobre o sistema de confinamento das vacas. Ao defender esse sistema de criação, destacou que todos os indicadores econômicos demonstram que o confinamento garante maior margem liquida de renda e maior produção. No entanto, observou que o produtor deve adotar algumas medidas antes de optar pelo confinamento, como planejamento das forrageiras para um período de, pelo menos, um ano e com qualidade.  Mais conforto térmico e proteção das intempéries do animal e dimensionamento das áreas estão entre os benefícios do sistema de confinamento em relação aos outros modelos de condução do rebanho, destacados pelo palestrante.

O assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar em Sistemas de Produção Animal, doutor em Agroecossistemas, Vilmar Fruscalso, falou sobre Criação da Bezerra Leiteira. Fruscalso chamou atenção para a importância do fornecimento do colostro nas primeiras horas de vida, principalmente na garantia da imunidade do animal. Também destacou o acompanhamento do parto, da desinfecção do umbigo e da alimentação para o manejo da bezerra. Outros procedimentos que devem ser adotados pelo produtor, como por exemplo, o cuidado com as instalações que devem ser limpas, secas ensolaradas e ventiladas.

 

Abertura - A programação da parte da manhã encerrou com a fala das autoridades e convidados. Os participantes receberam as boas-vindas do vice-prefeito de São Valentim, Clacir Paulo Rigo, do gerente regional da Emater/RS-Ascar de Erechim, Gilberto Tonello, do secretário municipal da Agricultura, Edegar Regoso, e da gerente da agência do Sicredi de São Valentim, Tatiana Toso Bertola. “Temos que nos profissionalizar cada vez mais nesta atividade”, ponderou Tonello ao cumprimentar os produtores, técnicos e parceiros do evento. O vice-prefeito destacou os investimentos que o município vem realizando na agricultura. A representante do Sicredi também destacou a importância de os produtores buscarem o aprimoramento na atividade. “O Sicredi é um parceiro de vocês”, reafirmou.

 

Propriedade/Estações

A programação prosseguiu à tarde com visita à propriedade da família de José Bitencourt. No local, foram realizadas orientações técnicas em três estações com foco nos temas Qualidade do leite e Produção de silagem. A família Bitencourt fez um relato das atividades. O casal José e Adriane tem duas filhas, sendo que a Gabriele, de 19 anos, já manifestou interesse de permanecer na propriedade. A outra filha do casal, Franciele, tem 12 anos. A atividade leiteira é a principal fonte de renda da família. Em 2001, iniciaram com quatro vacas e, hoje, contam um plantel de 41 vacas, sendo 35 em lactação. A família também é beneficiária de políticas públicas, como Crédito Fundiário, que oportunizou a compra de terras. A equipe do Escritório Municipal de São Valentim agradeceu a todos que participaram da programação.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas