16°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,41 Dólar R$ 5,44
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,41 Dólar R$ 5,44

Publicidade

Segurança

Acusado de agredir jovem com facão foi preso em hospital de Erechim

Patrick Silva foi encaminhado para o presídio de Erechim
Por Alan Dias
Foto Polícia Civil

O indivíduo, de 24 anos, apontado como autor da brutal agressão contra uma jovem, de 22 anos, no começo da noite de domingo (8), em Erechim, foi preso na manhã desta terça-feira (10), em um hospital de Erechim.

A prisão preventiva de Patrick Silva, que é ex-namorado da vítima, foi decretada na tarde de ontem (9) e desde então ele era considerado foragido. Em nota, a Polícia Civil divulgou que o mandado foi expedido pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Erechim e Silva foi preso na Fundação Hospitalar Santa Terezinha de Erechim, local onde foi apresentado para procedimentos médicos, devido a grave ferimento na mão esquerda, lesão esta possivelmente decorrente das agressões à vítima, acredita a polícia.

A ordem de prisão foi cumprida pelos agentes da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) e da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), em ação coordenada pelo delegado titular da DPPA, Germano Alves de Lima.

O preso foi encaminhado para ser ouvido na DEAM e após foi encaminhado ao Presídio Estadual de Erechim, onde permanecerá à disposição da Justiça.

 

Tentativa de feminicídio

De acordo com a delegada titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Erechim, Raquel Kolberg, no começo da noite de domingo, vizinhos da casa onde estava a jovem e uma amiga, escutaram os gritos das mulheres e acionaram a Brigada Militar, mas quando a guarnição chegou ao local, o agressor já havia fugido.

Elas foram socorridas pelo Samu e encaminhadas para a Fundação Hospitalar Santa Terezinha. A moça que estava com a jovem foi liberada após receber atendimento e a ex-companheira do autor foi internada. Ela passou por procedimentos cirúrgicos logo após dar entrada no Pronto Socorro e foi levada para a UTI do hospital, onde permaneceu sedada. Conforme divulgado nesta terça-feira (10), ela não corre risco de morte e não teve um braço amputado, conforme noticiaram alguns sites.

De acordo com a delegada Kolberg, a vítima apresentava cortes em várias regiões do corpo, entre elas nos braços, no rosto e no crânio.

 

Vítima pretendia fugir

Conforme informações da polícia, a jovem possuía uma medida protetiva contra o ex-namorado desde outubro deste ano e durante o final de semana registrou pelo menos três ocorrências devido ao descumprimento da medida e ameaças.

No início da noite, ela estava escondida na casa de uma amiga, no bairro São Vicente de Paulo, quando a residência foi invadida por Patrick, que passou a agredir as duas. A vítima estaria na casa porque pretendia ir embora de Erechim na segunda-feira, por medo das ameaças, relataram familiares.

Publicidade

Blog dos Colunistas