14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Erechim

Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Segurança Alimentar fomenta nova tecnologia para produção de leite

Conforme o secretário William Racoski, o Compost Barn vai ajudar otimizar a produção, principalmente de pequenas propriedades

teste
Conforme o secretário, William Racoski, o Compost Barn vai ajudar otimizar a produção, principalment
Por Ascom/Prefeitura de Erechim
Foto Ascom

O prefeito Paulo Polis, o vice-prefeito Flávio Tirello, o secretário de Agricultura, Abastecimento e Segurança Alimentar, William Racoski e técnicos da Emater estiveram na tarde de quarta-feira (12), na propriedade da família Toigo, para acompanhar os trabalhos realizados na produção leiteira, que conta com 120 vacas no Compost Barn.

O Compost Barn é uma tecnologia americana que teve início nos anos 80, mas tem ganhado mais espaço nas propriedades recentemente. Se trata de um sistema de confinamento para melhorar o conforto do rebanho, aumentando a capacidade produtiva e diminuindo a área utilizada na produção de alimentos para os animais. Atualmente, oito produtores já aderiram a tecnologia em Erechim.

Conforme o secretário de Agricultura, Abastecimento e Segurança Alimentar, William Racoski, o Compost Barn vai ajudar otimizar a produção, principalmente de pequenas propriedades. “Produzir leite com vacas no pasto é uma coisa, com a mesma área, nessa modalidade, é possível ter um aumento expressivo de mais de 50%, sem falar na melhora da qualidade do produto”, destaca.

A pasta e a Procuradoria Geral do Município devem encaminhar à Câmara de Vereadores um projeto de incentivo para produtores de leite, que inclui o subsidio de terraplanagens e cascalhamento de estradas nas propriedades.

O prefeito Paulo Polis disse que a projeção agora é dobrar o número de produtores que estão aproveitando a tecnologia. “Nós daremos as condições necessárias para os produtores do nosso município que querem aumentar a produção e não tem espaço. Isso é agregar valor, dar mais qualidade de vida e rentabilidade do produtor”, finaliza.

· 

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas