14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Rural

Produtor de Gaurama investe no plantio de morangos

Com novos sistemas de cultivo, o produto é vendido com melhor cor e sabor, além do fruticultor trabalhar em pé, facilitando o manejo com a planta

teste
Produtor trabalha focado na venda direta ao consumidor final de Gaurama e Erechim
Por Ragnara Zago
Foto Divulgação

A fruticultura sempre foi destaque na região do Alto Uruguai, em função do clima e solo favoráveis à diversas variedades e tendo em vista que a agricultura familiar é presente na maioria das propriedades rurais. O cultivo do morango tem chamado a atenção dos técnicos e atraído produtores, pois a área está em ascensão nos últimos anos.

Novos sistemas de plantio

            O crescimento no cultivo do morango na região, se deve, conforme o engenheiro agrônomo e chefe do Escritório Municipal da Emater Erechim, Adriano Szynkaruk, a técnica utilizada, que antes era no solo e agora passou a ser no sistema de substrato em ambiente protegido, ou seja, o produtor não precisa mais trabalhar agachado, o que deixava a atividade penosa e agora trabalha ereto, tornando o serviço mais prático. Além disso, a produção fica protegida e irrigada. “A cultura atualmente é de fácil manuseio, desde que a pessoa tenha conhecimento. Os novos sistemas de plantio auxiliam muito, hoje por meio do Sistema Slab, o produtor obtém várias vantagens, com uma estrutura boa de limpeza, colheita e manuseio, enfim, todo manejo existente. Sistema de fertirrigação, que mistura os produtos na água e irriga. Sistema automático, produzido em estufas que tem um microclima melhor e, boa qualidade do fruto. Existem opções e variedades adaptadas, e a rentabilidade é boa”, explica.

Produto de boa qualidade

            Essa mudança na produção da fruta trouxe ganhos ao produtor e aos consumidores. “O município de Erechim e toda a região, é um grande centro consumidor do morango. Tem uma boa aceitabilidade pelos consumidores e o produto é de boa qualidade, tornando o rendimento grande no sistema de estufas”, enfatiza Szynkaruk.

Suporte técnico

            Sobre o suporte técnico, a Emater auxilia em termos de projeto e orientações. “Ultimamente estamos com poucos profissionais, somente em duas pessoas para atender em torno de 1.200 famílias, por isso a falta de um atendimento diário. Na medida do possível, orientamos da melhor maneira em termos de produção, pragas e doenças, colheita, vendas e projeto”, esclarece.

Produtor local

            Um dos produtores da região que se destaca na atividade é Ronaldo Bielak, de Gaurama, com uma área coberta de um hectare, dezoito estufas, e uma estimativa de produção de 40 toneladas no ano. Há quatro anos trabalhando no cultivo do morango, Ronaldo conta que a ideia foi proposta pela irmã, que consome a fruta em grande quantidade, tanto in natura como em sucos, e encontrava dificuldades para adquiri-la em função do valor elevado. “Com preços altos e pouca oferta, surgiu o plano de apostar nessa área. Na época, eu trabalhava em uma empresa de Erechim, como supervisor de produção, e acabei me aprofundado na cultura, manejo, venda e como produzir a fruta. Em função disso, acabei iniciando com a plantação e me afastei da empresa, dedicando meu tempo profissional somente à essa área”, conta.

 

Cuidados necessários

 

            Com relação aos cuidados necessários para o cultivo do morango, Ronaldo explica que a cultura se desenvolve bem se executado de maneira correta. “Em estufa, com água de qualidade e adubação certa, isso no sistema semi-hidropônico”, frisa.  Ele ainda reforça que, a safra pode durar o ano toda se o plantio for executado com qualidade. “A safra vai de agosto a janeiro, mas com cuidados necessários se produz o ano todo”, agrega.

Novas opções

            Bielak conta que além dos morangos, está investindo na produção de uvas de mesa. “Trabalho focado na venda direta ao consumidor final de Gaurama e Erechim, que é o nosso carro chefe”, acrescenta.

 

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas