14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Erechim

AGER e entidades debatem sobre os mananciais da cidade

teste
Divulgação
Por Assessoria de comunicação
Foto Divulgação

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Municipais de Erechim (AGER), realizou na manhã desta quarta-feira (23), uma discussão com lideranças e entidades sobre os mananciais que abastecem a cidade de Erechim.

 

O encontro que aconteceu na no Auditório da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), reuniu os representantes de vários segmentos da sociedade erechinense. Na abertura dos trabalhos, o diretor administrativo-financeiro da AGER, Edgar Radeski ponderou que o encontro reuniu pessoas investidas de autoridade e comprometimento pelo bem comum da cidade e a importância do controle dos recursos hídricos disponíveis.  “Nos últimos anos, o abastecimento de água tem causado grande preocupação nos períodos de estiagem. Se não fosse a obra de transposição do Rio Cravo, é certo que Erechim teria ficado sem água, quando tivemos a última estiagem no ano passado”, explica.

 

Conforme a AGER, já existe a necessidade de um reservatório de água maior que o atual, visto que o bombeamento de água do Rio Cravo para dentro da barragem da Corsan tem sido em torno de 18 dias por mês, e isso sem estiagem.

 

O geógrafo e Dr. em Ecologia e Recursos Naturais, professor Vanderlei Decian, apresentou uma proposta de reativação do Projeto Caleli e do Projeto de Diagnóstico, Monitoramento e Ações de Recuperação dos Mananciais de Abastecimento Público de Erechim. 

 

Dentre as principais premissas do projeto, destacam-se as ações de recuperação dos mananciais, envolvendo os rios Ligeirinho, Leão, Campo e Cravo. Quanto ao reservatório de água bruta, na barragem da Corsan, foi discutida a necessidade de ampliação da atual barragem de captação do Rio Cravo, tornando-a também uma barragem de reservação com volume de água no mínimo o dobro da barragem dos Arroio Ligeirinho e Leãozinho.

 

Depois da apresentação da proposta e discussão de opiniões dos presentes, ficou estabelecido encontros individualizados da agência com os órgãos que tenham sugestões para corroborar com o projeto.  Também foi aprovado pelos presentes, para que no dia 28 de julho de 2021, haverá uma Audiência Pública na Câmara de Vereadores, apresentando o projeto para a comunidade. O horário ainda deve ser definido.

Publicidade

Blog dos Colunistas