25°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Erechim

Direção do Instituto Erechinense de Previdência apresenta prestação de contas em reunião com vereadores

teste
1
Por Assessoria
Foto Divulgação

Por ser um poder fiscalizador do que ocorre no município, o Legislativo está sempre em diálogo com a sociedade como um todo, buscando soluções para problemas e atuando em benefício das pessoas. Nesta terça-feira (21), os parlamentares participaram de uma importante reunião cujo tema diz respeito a uma parcela significativa da população: a aposentadoria dos servidores municipais. A atividade, realizada na sede do Instituto Erechinense de Previdência (IEP), contou com a presença do presidente Ale Dal Zotto (PSB), das vereadoras Ana Oliveira (MDB) e Sandra Picoli (PCdoB) e dos vereadores Anacleto Zanella (PT), Anax Pezzin (Republicanos), André Jucoski (PDT), Carlinhos Magrão (PSDB), Carlos Lemos (PSDB), Fifo Parenti (MDB), Juares Bernardi (PSB), Jurandir Pezzenatto (MDB) e Serginho Bento (PT).

 

Responsável pelos processos de aposentadoria e pensão por morte dos servidores públicos concursados em Erechim – atualmente, cerca de 2 mil pessoas –, o IEP foi representado pelo diretor-presidente Renato Toso, o diretor financeiro Diones Weber e a diretora previdenciária Rosa de Oliveira. Na oportunidade, foram apresentados aos vereadores números referentes à prestação de contas de 2021, cuja arrecadação total foi de R$ 33.353.917,42, enquanto as despesas somaram R$ 10.410.435,49, com um quantitativo de 197 aposentados e 16 pensionistas. O patrimônio acumulado é de R$ 155.058.228,93.

Segundo o diretor-presidente do instituto, estas reuniões aproximam o IEP do Poder Legislativo, além de proporcionarem diálogo e transparência ao trabalho desenvolvido. “O IEP está no presente pensando o futuro de nossos servidores, sempre trabalhando na garantia dos compromissos e das obrigações. A relação de respeito que temos com a Câmara é sempre fortalecida com esse tipo de encontro”, avalia Toso. Para o presidente Dal Zotto, a aproximação facilita para que os vereadores conheçam melhor a estrutura e saibam como se dão os processos. “É um momento importante de aproximação institucional. A Câmara fiscaliza o IEP para poder se inteirar sobre como estão os servidores e poder auxiliar sempre que for chamada”, afirma.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas