25°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Segurança

Sobe para 11 o número de mortos no incêndio em centro de reabilitação de Carazinho

Duas pessoas são consideradas desaparecidas após chamas destruírem local

teste
WhatsApp-Image-2022-06-24-at-06.05.24-1024x768.jpeg
cetrat-2-1024x771.jpg
cetrat-4-1024x771.jpg
WhatsApp-Image-2022-06-24-at-06.05.24-1-1024x768.jpeg
Por Rádo Uirapuru
Foto Rádio Gazeta e Corpo de Bombeiros/ João Vitor Lopes

Um incêndio de grandes proporções atingiu o Centro de Tratamento e Apoio a Dependentes Químicos de Carazinho, CETRAT. O espaço fica localizado na Rua Claudio dos Santos, no bairro Vila Rica, nos fundos da secretaria de Obras do município.

O fogo, por motivos ainda desconhecidos, começou por volta das 23h desta quinta-feira (23) e somente foi controlado na madrugada de sexta-feira pelas guarnições do Corpo de Bombeiros Militar, que utilizaram todo o seu efetivo.

De acordo com informações apuradas no local pela reportagem da Rádio Uirapuru, são 11 vítimas fatais até o momento. Dez vítimas morreram no local e uma no hospital da cidade. A grande maioria são internos do CETRAT, alguns oriundos de outras cidades. Um monitor também está entre as vítimas. Conforme a polícia e os Bombeiros, 15 pessoas pernoitavam no local. Além dos 11 mortos, duas pessoas seguem hospitalizadas, duas já receberam alta e uma pessoa ainda está desaparecida. Os Bombeiros realizam buscas para identificar se ela escapou do fogo ou se está nos escombros do incêndio.

O incêndio teria começando em um dos quartos da edificação, se alastrou para áreas comuns, mas não atingiu completamente o imóvel. A Uirapuru constatou que há grades nas janelas de alguns pontos do imóvel.

Até o momento os nomes das vítimas fatais não foram informados. Um dos sobreviventes prestou depoimento a Polícia Civil. A perícia está no local assim como Brigada Militar, Defesa Civil, entre outros órgãos de segurança pública. O prefeito Milton Schmitz também esteve no local e colocou a administração municipal a disposição na assistência aos familiares que estão sendo comunicados e deverão ser atendidas no CRAS Ouro Preto.

 

Publicidade

Blog dos Colunistas