25°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Erechim

A partir de julho, 52% dos serviços públicos poderão ser abertos de forma on-line

A transformação digital envolve, simultaneamente, as atuais 12 secretarias do município e os cerca de 2,9 mil servidores públicos

teste
Processo online
Por Assessoria de comunicação
Foto Ascom

A transformação digital da Prefeitura de Erechim já iniciou e se amplia a cada dia para oferecer aos cidadãos serviços mais ágeis, eficientes, gerando economia de recursos públicos. A novidade desta nova etapa da informatização dos serviços públicos, é que a partir de 1o de julho cerca de 52% de todos os processos administrativos poderão ser abertos de forma on-line ou via aplicativo. Este processo faz parte do programa municipal Investe + Erechim, que tem como meta atingir R$ 1 bilhão em investimentos públicos e privados

De acordo com o secretário de Gestão e Governança, Edgar Marmentini, este percentual é um marco muito importante na busca deste processo todo de papel zero na estrutura administrativa, porque reflete diretamente na economia de recursos públicos, na agilidade e eficiência dos serviços prestados à comunidade.

Salto nos serviços digitais

“Estamos saindo, num curto espaço de tempo, em poucos meses, de 11% para 52% de abrangência nos processos digitais. Hoje, o cidadão tem a prefeitura na palma da mão, ele pode solicitar o serviço pelo site ou aplicativo e controlar o andamento do seu pedido em casa, não precisa se deslocar até a prefeitura, o que se reflete em menos custo e bem-estar para as pessoas”, explica o secretário Edgar Marmentini.

Redução de custos

A secretária de Administração, Izabel Ribeiro, comenta que, em 2020, a Prefeitura de Erechim imprimiu 4.493.436 folhas (mais de 4 milhões) ao longo do ano contando todas as secretarias e serviços da administração pública, o que custou ao município mais de R$ 490 mil, e, em 2021, foram 4.825.591 impressões (quase 5 milhões) em papel com custo superior a R$ 459 mil.

E o problema de tanto papel não para por aí, explica a secretária, Izabel Ribeiro, já que depois de imprimir este papel e ele cumprir com a sua finalidade, o documento precisa ser arquivado. “Precisamos de um prédio hoje para arquivar as 40 mil caixas de documentos, sendo que cada uma delas tem em média 600 folhas”, afirma.

Conforme a secretária, Izabel Ribeiro, esta diminuição gradativa no uso do papel só está sendo possível pela mudança de comportamento e de cultura dos servidores públicos e, também, pela colaboração da comunidade. “Estamos mudando uma prática, uso do papel, que sempre foi a base de todos os processos, documentos e ações da gestão pública. Mas o objetivo é chegar a zero, e estamos neste caminho”, destaca.

Atender bem a população

Na avaliação do secretário de Gestão e Governança, Edgar Marmentini, a transformação digital dos serviços públicos tem como principal finalidade atender bem a população, trazer mais qualidade para a gestão pública, aproveitar melhor o trabalho realizado, e, por consequência, ampliar o controle sobre os investimentos públicos.

“Esta unificação dos sistemas e dos serviços públicos representa um avanço tecnológico significativo na gestão pública de Erechim com benefícios efetivos para a comunidade, que terá a prefeitura na palma de sua mão”, ressalta Edgar Marmentini.

A transformação digital envolve, simultaneamente, as atuais 12 secretarias do município os cerca de 2,9 mil servidores públicos, e faz parte do programa municipal Investe + Erechim, que tem como meta atingir R$ 1 bilhão em investimentos públicos e privados.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas