14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Blog do

O ISS deve ser pago à prefeitura da cidade na qual o serviço foi prestado. Na foto, a unidade recapa

Saiba quem são os dez principais geradores de ISS de Erechim

Por
Foto Divulgação

Cobrado pelos municípios de empresas e profissionais autônomos cadastrados junto aos órgãos competentes, o ISS (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza), incide sobre uma extensa lista de prestadores, que vai de segmentos da saúde, como médicos, psicólogos e fisioterapeutas, até transporte e construção, passando por informática, telemarketing e outros.

Em Erechim, o imposto representa 11% do orçamento total da prefeitura e, em 2019, deve injetar R$ 29,8 milhões aos cofres públicos. Números que o secretário da Fazenda, Waldir Tomazoni, pretende ampliar em 2020 a partir de ações de conscientização e no combate à sonegação, sem aumento de alíquota, frisa. ‘No próximo ano, queremos fazer com que o ISS alcance 12,5% do total da receita’, projeta o secretário.

Nesta edição, o Bom Dia, em parceria com o Instituto SL/ISPO, revela a lista dos dez principais geradores de ISS no município de Erechim, considerando o ano base 2018. O quadro nesta página traça, ainda, retrospectiva da participação dos prestadores nos anos de 2009 e 2014. Os dados são da secretaria da Fazenda. Confira:

Empresa                                             2018                 2014                 2009

F. Vachileski & Cita Ltda.                               1                             1                             2

Caixa Econômica Federal                              2                             3                             6

Unimed Erechim                                              3                             6                             7

COC Centro de Câncer                   4                             NC*                        NC*

Transportes Gaurama                    5                             4                             5

Adelise Chinazzo/Reg.Imóveis    6                             NC                          NC

Banrisul                                                              7                             5                             4

Banco do Brasil                                 8                             7                             3

S&S Serviços de Saúde                 9                             NC                          NC

Instituto de Olhos Santa Luzia     10                           NC                          NC

American Banknote S/A                                    NC                         NC                          1

Laudete de Andrade/Registro de Imóveis      NC                         2                             NC

System – Desenvolvimento de Software       NC                         8                             NC

Cordial Veículos                                                 NC                         NC                          8

Intecnial S/A                                                        NC                         NC                          9

Grupo Agros                                                        NC                         10                           NC

Elevadores Atlas Schindler S/A                       NC                         NC                          10

Fonte: Instituto SL/ISPO com dados da secretaria municipal da Fazenda.

NC = Não constou entre as dez primeiras no referido ano base.

Mais:

# O ISS arrecadado, que em relação aos impostos próprios só fica ‘atrás’ do IPTU em volume, é destinado sempre ao município no qual o serviço foi prestado, ainda que a empresa ou profissional tenham seu cadastro realizado em outro local.

# A alíquota cobrada pelo ISS é estabelecida pelo município e, normalmente, varia entre 2% e 5% sobre o trabalho realizado, de acordo com o segmento de atuação do prestador de serviço ou do autônomo.

 

Curtíssimas

# Aprovação do novo Plano Diretor de Erechim pelo legislativo esta semana deve facilitar a vida dos empreendedores, permitindo, entre outros, ganhos de espaços construtivos e prédios de até 30 andares. Medida é importante para estimular o desenvolvimento do município e precisa vir acompanhada de avanços, também, na estrutura oferecida pelo serviço público e seus processos.

# O cirurgião dentista Jackson Arpini foi um dos três profissionais da categoria selecionado para receber o Prêmio Honra ao Mérito da Odontologia Gaúcha, concedido pela Conselho Regional de Odontologia do Estado, do Rio Grande do Sul (CRO/RS).

# A premiação é um reconhecimento àqueles que se destacaram no Mérito Político, Social e Científico. A entrega da honraria será realizada em sessão solene, na sede do CRO/RS, no evento alusivo ao Dia do Cirurgião-dentista, no dia 24 de outubro em Porto Alegre.

# Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-4) negou acréscimo salarial a vigilante de supermercado de Erechim que também orientava clientes no estacionamento por entenderem que o autor não desempenhou tarefas incompatíveis com as originalmente contratadas ou com a natureza do trabalho. Decisão confirmou sentença do juiz titular da 2ª VT de Erechim, Luis Antonio Mecca. Cabe recurso ao TST.

# Rio Grande do Sul terá mais 29 voos semanais para São Paulo (partidas e chegadas); 22 operados em POA e sete em Passo Fundo. Decisão foi possível graças à redução do ICMS adotada pelo governo paulista.

# Conforme o presidente da Creral, Alderi do Prado, a flexibilização do mercado livre de energia (formado por grandes consumidores que podem escolher de quem vão adquirir a eletricidade) não deve ter grande impacto na operação da cooperativa. “No nosso caso, não deve haver muita influência, pois os consumidores que compram energia incentivada das PCHs já têm o limite reduzido”, explica.

# Em 2018, a desigualdade entre ricos e pobres bateu recorde no Brasil, revela o IBGE. Enquanto o rendimento dos mais afortunados subiu 8,4%; os pobres registraram perda de 3,2%. Detalhe: o 1% mais rico ganhou 33,8 vezes mais que o total dos 50% mais pobres.

# Governo federal quer autorizar “fintechs” a operarem com remessa de divisas e, assim, acabar com o monopólio dos bancos que atuam com carteira de moeda estrangeira. A proposta consta do projeto de lei de liberalização cambial enviado ao Congresso Nacional.

# No Brasil, 26,3 milhões de toneladas de alimentos são desperdiçadas por ano, enquanto 14 milhões de pessoas passam fome, segundo dados da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). Com o montante jogado no lixo, seria possível satisfazer as necessidades nutricionais de 11 milhões de pessoas.

# Estudo da Embrapa, em 2018, apontou que os ingredientes mais desperdiçados são o arroz e feijão (36%), carne (20%) e frango (15%). Precisamos nos ‘servir’ de consciência também à mesa.

# Graças ao agronegócio (com destaque para grãos e proteína animal) e à indústria, PIB do RS avançou 4,7% no segundo trimestre de 2019 em relação ao mesmo período de 2018, superando desempenho nacional – que teve crescimento de 1% no período.

# Nos últimos 12 meses, 4.107 imóveis foram ‘retomados’ por bancos – e colocados a leilão – devido à atraso de pagamentos no RS. Dados são da Associação Gaúcha dos Mutuários (AGM).

# Para ajudar os mutuários que têm dificuldades em pagar as prestações do financiamento imobiliário, a AGM promove, até o dia 31 de outubro, campanha de informação e orientação. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51 3136-5008), WhatsApp (51 98166-5008), Facebook (agm.mutuarios), Instagram (@mutuarios), e-mail (silvio@mutuarios.com.br) ou diretamente na sede da entidade/Rua dos Andradas, 1.155/603, Centro de POA.

# A crescente demanda por soluções tecnológicas faz com que as vagas de desenvolvedor de software estejam, hoje, entre as mais difíceis de serem preenchidas. Em Erechim, empresa do setor revela dificuldade em contratar. Um dos principais entraves é, justamente, a pedida salarial.

# Famurs informa: faltam 700 médicos para atender a atenção básica nos municípios gaúchos.

# ‘A indústria farmacêutica não quer curar ninguém por um motivo muito simples e direto: a cura é menos rentável que a doença’. A frase não é nenhum teórico da conspiração ou profeta do apocalipse, mas do vencedor do prêmio Nobel de medicina, bioquímico e biólogo molecular inglês Sir Richard J. Roberts.

 

32º

Fruto de um conjunto de ações desenvolvidas ao longo dos últimos anos - envolvendo o poder público e a capacidade empreendedora da iniciativa privada -, Erechim é, hoje, a 32a melhor cidade do Brasil (e a 3a do RS) para se investir, segundo ranking da revista Exame.

# Levantamento, que considera apenas cidades com mais de 100 mil habitantes, obteve o resultado analisando dados como desenvolvimento econômico e social, capital humano e infraestrutura.

 

Taxas diferenciadas

O Sebrae Regional Norte/RS e a Sicredi UniEstados assinam nesta sexta-feira (18), às 9h, em Erechim, convênio de cooperação que prevê taxas diferenciadas aos clientes do Sebrae. Ato será seguido da palestra  ‘Cenário Econômico e Perspectivas 2020’, sob responsabilidade do assessor de investimentos Alcione Louzada.

-------

Pet no hospital

Assembleia Legislativa gaúcha aprovou projeto que autoriza a permanência dos pets de pacientes em hospitais. Para quem ficar com o animalzinho, no entanto, algumas normas devem ser seguidas: verificação das condições de saúde do pet e carteira de vacinação atualizada, além da posse de laudo técnico assinada por veterinário. Cada instituição tem autonomia para definir outros critérios sobre as visitas. Governador tem 15 dias para sancionar a lei.

------

R$ 50 milhões

Caso os contribuintes erechinenses (pessoas físicas e jurídicas) destinassem parcela do Imposto de Renda (IR) devido para projetos nas áreas de cultura, esporte, crianças, idosos e saúde, o município poderia amealhar cerca de R$ 50 milhões a mais por ano. A estimativa é do professor com formação em Contabilidade e Administração, Loriberto Starosky Filho, que esteve reunido esta semana com contadores na Unimed local. Na próxima quarta-feira (23), o jornal Bom Dia explica como - e o que pode ser feito para melhorarmos este cenário.

# Detalhe: de cada R$ 1.000 de IR pago ao governo, o retorno para o município de Erechim, via FPM, é inferior a R$ 0,10 centavos.

--------

Medicina do Futuro – 1

‘A Medicina do Futuro! Onde estamos, para onde vamos?’ será tema de Simpósio promovido pelo Hospital de Caridade de Erechim, com o apoio do Corpo Clínico da instituição, na sexta-feira, 25 de outubro, a partir das 18h30min., no Auditório do Centro Clínico do HC.

A atividade, liderada pelo diretor técnico do Hospital Paulo Dall´Agnol, integra as comemorações da instituição referentes ao Dia do Médico. ‘Nossa proposta é trazer à discussão temas atuais e futuros na área médica, a partir da experiência de palestrantes que integram nosso corpo clínico’, frisa Dall´Agnol.

Medicina do Futuro – 2

Durante o Simpósio, que terá a mediação do diretor Dall´Agnol, serão abordados tópicos referentes à Telemedicina e suas perspectivas, sob responsabilidade do patologista Clóvis Klock, que também é presidente da Sociedade Brasileira de Patologia; Oncologia e terapia alvo, com o oncologista Juliano Sartori; além da discussão sobre Medicina Personalizada no tratamento de Doenças Cardiovasculares, a ser abordado pelo cardiologista Milton Serpa. Após o evento será realizado o tradicional coquetel do HC em homenagem aos médicos.

-------

Um ‘lixo’ de canteiro

Moradores, empresários e passantes da Avenida Maurício Cardoso reclamam que há cerca de um ano a cena se repete e o lixo, ‘ao amanhecer’, toma conta do canteiro central, nas proximidades da Catedral São José. ‘Todo o dia é a mesma’, vocifera, indignado, um contribuinte. Com a palavra, os órgãos responsáveis.

--------

Mundo interligado e inovação – 1

No começo de 2019, a Huawei, multinacional chinesa especializada em equipamentos para redes e telecomunicações, lançou o Global Industry Vision 2025. De acordo com o estudo, em sete anos, todas as coisas vão ter a capacidade de “sentir”, ou seja, terão sensores que as conectarão a outros dispositivos.

Mundo interligado e inovação – 2

A confirmação desse cenário criará um mundo onde tudo é interligado e inteligente. Haverá 40 bilhões de ‘smart devices’, com cerca de 100 bilhões de conexões. Isso dará base a uma economia digital de US$ 23 trilhões – maior do que o PIB dos EUA, hoje na casa de US$ 20 trilhões.

Mundo interligado e inovação – 3

Tal ambiente criará novos mercados e ecossistemas. Inovar, portanto, será essencial para que as empresas mantenham a relevância, ensina Juelinton Silveira, diretor de Comunicação e Negócios com o governo da Huawei no Brasil.

Mundo interligado e inovação – 4

Isto posto, fica a reflexão: se todas as coisas estarão interconectadas, por que determinados atores insistem em se isolar? Pensemos nisso.

 

------

 

C@nto Digital

Estacionando sozinho

Para a Toyota, a relação entre carros e motoristas se tornará mais próxima no futuro. A montadora anunciou o LQ, novo veículo conceito que será apresentado no Tokyo Motor Show neste ano. O carro é uma evolução do Concept-i, exposto pela montadora no Salão do Automóvel em São Paulo no ano passado. Assim como seu antecessor, o LQ tem um design futurista. Desenvolvido pelo Toyota Research Institute e por mais de 400 engenheiros, possui sistema de inteligência artificial e assistente virtual que interage com o motorista em diversos momentos. O "Yui" interage usando interface de voz, iluminação, controle do ar e até mesmo emitindo fragrâncias para “melhorar o humor” do motorista. 

# O carro é equipado com nível 4 de automação e, conforme o StarSe, possui tecnologia chamada Automated Valet, criada em parceria com a Panasonic. Com ela, o LQ é capaz de procurar e estacionar sozinho em uma vaga depois de desembarcar os passageiros. Também é possível chamá-lo de volta - o que, segundo a Toyota, auxilia no caso de pessoas com mobilidade reduzida. Além disso, o LQ possui sistema de assentos inteligente que ajuda a manter o motorista relaxado ou em alerta, de acordo com a necessidade. 

------

Viagens Curtas, por Enori Chiaparini

Casas de pasto

As Casas de Pasto eram o lugar de parada do carreteiro. Havia o pernoite do Carreteiro e o pasto para os animais. As carretas puxadas por um conjunto de muares (terno de mulas) saíam das cidades vizinhas de Erechim (Aratiba, por exemplo) e decorridos 2O a 25 km, precisavam parar para descansar os animais e o carreteiro também.

Mal comparando, seria o hotel dos dias atuais.

Vinham para Erechim carreteiros de Gaurama, Rio Toldo, Cotegipe, Três Arroios e outras localidades. Traziam produtos agrícolas e levavam para suas localidades mercadorias que necessitavam, tais como: sal, querosene, tecidos, calçados, ferramentas agrícolas, etc.

Erechim, até a década de l950, estava cercada de Casa de Pasto por todos os lados.

Nas Três Vendas, Esperança, na entrada da Rua Pernambuco, na entrada da Av. Sete de Setembro… As casas de pasto cumpriram papel importante por mais de cinco décadas no desenvolvimento da economia de Erechim e região.

Após a Segunda Guerra Mundial, na segunda metade da década de l940, a vinda de caminhões e camionetas começou a substituir os carreteiros no transporte de mercadorias e consequentemente o declínio das Casas de Pasto foi percebida, sendo estas, então, substituídas – de fato – pelos hotéis.

Na década de l960, embora raro, ainda víamos alguns carreteiros parados nas velhas Casas de Pasto.

Últimas lembranças de um tempo que ficaria na memória dos pioneiros e nas páginas da história.

Blog dos Colunistas

Publicidade

Horóscopo

Touro
21/04 até 20/05
A semana está acabando, Touro, mas você pode...

Ver todos os signos

Publicidade