Publicidade

Região

Ponte em fase de aterramento de Cruzaltense

cruzaltense.jpg
Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

Depois de concluída a obra de construção, o governo municipal de Cruzaltense está executando as obras complementares da ponte que liga o município a São Valentim ao Oeste catarinense.  De acordo com a prefeitura, o aterro da primeira cabeceira já está concluído e consumiu 11 mil m³ de terra, o equivalente a 1,1 mil cargas de caminhão. Agora, está sendo executado o aterro da segunda cabeceira e obras de pintura e sinalização. Também está sendo instalado o guarda-corpo e feito o fechamento da lateral destinada à passagem de pedestres.  Ainda está prevista a instalação das placas de sinalização. Depois disso, a obra vai passar por uma vistoria final por parte de técnicos do Ministério da Integração Nacional para ser liberada ao tráfego. O prefeito em exercício, Nelson Franklin da Silva, informou, também, que já está sendo desenvolvido o projeto para instalar iluminação na ponte. 
A ponte tem 130,5 metros de comprimento, 8,2 metros de largura e está 6,1 acima do leito do rio. "A obra é um dos maiores investimentos feitos pelo governo federal em infraestrutura na região e custará R$ 2,6 milhões. Importante para o escoamento da produção agrícola do município, a ponte também vai abrir uma rota alternativa beneficiando os moradores de toda a região de Campinas do Sul. Os motoristas e transportadores poderão fazer o percurso do município de São Valentim direto para Cruzaltense, reduzindo a viagem em 50 quilômetros. Hoje para chegar a Cruzaltense os motoristas tem que passar por Erechim, Paulo Bento, Jacutinga e Campinas do Sul. Para os moradores da margem direita do Rio Erechim, a ponte representa uma redução de 30 km no trajeto até a sede do município", declarou o prefeito em exercício. 

 

Publicidade

Blog dos Colunistas