Publicidade

Esportes

Valdívia é o novo jogador do São Paulo

Valdivia.jpg
Por Assessoria de Imprensa
Foto Rubens Chiri/São Paulo

Na noite de ontem (7), o São Paulo concluiu a contratação de Valdívia. O meia-atacante de 23 anos, estava no Atlético Mineiro e chega ao clube do Morumbi por empréstimo do Internacional até o final da temporada – com opção de compra ao término deste período.

Valdívia realizou os exames médicos na capital paulista, e foi recepcionado por membros da diretoria e conheceu a estrutura do Centro de Treinamento da Barra Funda.

O meia-atacante estava atuando normalmente na equipe mineira – disputou dois jogos, sendo o último no dia 25 de janeiro – e deverá ficar à disposição do técnico Dorival Júnior em pouco tempo.

O décimo reforço do São Paulo para 2018 será apresentado na próxima sexta-feira (9), no CT da Barra Funda, após a atividade do elenco, quando concederá entrevista coletiva e vestirá a camisa tricolor. Vale lembrar que além de Valdívia, o clube trouxe Jean, Anderson Martins, Diego Souza, Nene, Tréllez, Jucilei e Edimar, além dos retornos de Hudson e Reinaldo.

TRAJETÓRIA

Valdívia iniciou a carreira no Rondonópolis-MT e ganhou destaque durante a Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2012, quando foi o artilheiro do torneio, com oito gols, e avançou até as oitavas de final - melhor campanha de uma equipe do Mato Grosso na história da Copinha.

As atuações na maior competição de base do país despertaram o interesse do Internacional, que acertou a sua contratação naquele ano. Para complementar a sua formação, integrou a categorias inferiores do clube colorado e participou da trajetória vitoriosa do Campeonato Gaúcho Sub-20 (2012), além do vice-campeonato Brasileiro Sub-20 (2012).

Em 2013, foi promovido ao elenco principal do Internacional e pouco a pouco conquistou o seu espaço até se firmar em 2015, quando assumiu o protagonismo da equipe. O armador foi o meia que mais marcou gols na temporada, ao balançar as redes 19 vezes.

O bom desempenho do atleta rendeu convocações para a Seleção Brasileira Sub-23, que se preparava para a disputa dos Jogos Olímpicos de 2016. Ele ficou na lista de suplentes, assim como o goleiro Jean, e ao final da competição foi premiado com a medalha de ouro conquistada pelo país.

Em maio de 2017, Valdívia deixou o Internacional e seguiu por empréstimo para o Atlético-MG, clube que defendeu até a chegada ao São Paulo.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas