Publicidade

Região

União de forças revitaliza escola estadual

Prefeitura, Câmara de Vereadores e comunidade escolar viabilizaram R$ 25 mil para pintura do prédio da instituição de ensino

BBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBBB.JPG
Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

A Escola Estadual de Ensino Médio Quatro Irmãos está em fase de conclusão da pintura externa, interna, do pórtico de entrada, e o cercamento em alvenaria do conjunto das instalações. A "roupa nova" do tradicional educandário que recentemente completou 74 anos, encaminhando gerações de quatroirmonenses para o ensino superior, resulta da parceria do município com o conjunto diretivo da escola, configurados na direção, Círculo de Pais e Mestres e Conselho Escolar.  Às tratativas tiveram início em 2017, quando o secretário municipal de Educação, Silvano Dogenski, foi autorizado pelo prefeito Adilson De Valle, a conversar com os representantes da escola estadual.


Do interesse mútuo surgiu o parecer do procurador jurídico do município, advogado Narciso Paludo, de encaminhar o projeto de transferência de recursos financeiros aos vereadores, para estudo da matéria e se de entendimento do poder Legislativo, autorizar o Executivo municipal a transferir a quantia de R$ 15 mil para a escola desenvolver o processo de contratação da empresa e execução do serviço de pintura. A aprovação do projeto de autoria do prefeito Adilson De Valle ocorreu no início de 2018.
A contribuir do município na realização de um antigo sonho da comunidade escolar, com a devida aprovação dos vereadores, encontrou um grupo de lideranças decididas e integradas na defesa dos interesses da escola. Lá estavam a diretora Letania Risson e a vice Cleusa Salete Vicari; o presidente do CPM, Evandro Bazzoti, e o presidente do Conselho Escolar, Airton Piovesan. Após projeção inicial de áreas para inclusão na pintura em confronto com o custo do projeto, o grupo se comprometeu de somar esforços e agregar mais R$ 10 mil aos R$ 15 mil transferidos pelo município. Com a criação de um montante de R$ 25 mil - considerado, inicialmente, suficiente para cobrir os custos da mão de obra e aquisição do material de pintura, foi dada a largada. A contratação da empresa foi imediata e o prazo estabelecido em 30 dias, pois o Ano Letivo vem logo em seguida. Tudo foi muito rápido. Em poucos dias de trabalho, com ajuda do clima, a escola rejuvenesceu e se projetou majestosa.

  
Na última quinta-feira (8), a diretora Letania Risson percorria o pátio da escola conferindo o serviço e avaliando que ficará de fora no momento em que a estimativa começa ser superadas. "Diga ao prefeito que estamos agradecidos pelo apoio", recomendou a diretora. No mesmo sentido pensa a vice-diretora Cleusa Vicari afirmou:"temos muito que agradecer a prefeitura... sem ela não teríamos condições", revela. A vice lembra que a escola não tem espaço para realização de palestras e nem quadra esportiva coberta. No entanto, feliz com o grande avanço configurado na pintura nova, a quadra e o auditório ficam para outro momento.
 O secretário de Educação Silvano Dogenski entende que o investimento do município tem um amplo sentido, além da Escola Estadual ser o caminho da maioria dos alunos que concluem as séries iniciais nas escolas do município. "A escola estadual é um patrimônio de Quatro Irmãos, um orgulho nosso e dos nossos filhos que passaram por ela, e assim será por muitas gerações. O prefeito Adilson foi sensível à iniciativa e o resultado não poderia ser melhor do que ver os professores, pais e alunos, felizes e orgulhosos", resume o secretário.


A escola estadual ainda está em obras, mas a sua beleza e vista de longe no cenário da cidade.  Às cores pêssego, laranja e marrom - escolhidas pelos alunos -, sinalizam que há uma energia nova naquele lugar, que tem sido o abrigo de centenas de jovens nascidos em Quatro Irmãos e dos migrantes de outros municípios. Ela renasce em cores e beleza para se enquadrar em padrão com as duas novíssimas escolas municipais - EMEI Quatro Irmãos e EMEF Alberto Rossetto, e para dividir as atenções na quadra quem a Unidade Básica de Saúde, vizinha de lado direito.

 

Publicidade

Blog dos Colunistas