0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Esportes

Saída precoce. Cabreúva dá adeus ao Caldeirão do Galo

Uma das principais contratações da história do Galo, está indo para o futsal italiano

Cabreúva deixa o Caldeirão do Galo
Por Edson Castro
Foto Kaliandra Alves Dias

O “casamento” entre o Atlântico e uma das principais contratações de sua história chegou ao fim antes do previsto. O ala Cabreúva deixou o clube após a disputa da Taça Brasil, que aconteceu em Erechim na última semana.

O jogador aliás, defendeu as cores do Galo pela última vez justamente na final da Taça Brasil, onde o time perdeu a decisão para o Pato.  Agora, defenderá o Marítime, da Itália, que acaba de subir para a primeira divisão da liga nacional daquele país.

Cabreúva foi anunciado no final de 2017, com grande destaque, e não à toa, pois além de passagens pela Seleção Brasileira, também se tornou um dos principais nomes do futsal brasileiro dentro e fora do país nos últimos anos.

O supervisor de futsal do Atlântico, Elton Dalla Vécchia salienta que ao ser contratado, já havia uma clausula que poderia liberar o atleta, em caso de uma proposta internacional. “Foi o que aconteceu, ele acabou recebendo uma proposta financeira vantajosa e não tivemos como segurar”, destaca o dirigente.

Para Dalla Vécchia, Cabreúva não teve um bom início de ano, mas foi se firmando com o passar dos meses. “Talvez pela readaptação ao futsal brasileiro o rendimento dele não foi muito satisfatório no início do trabalho. Porém, recentemente, vinha tendo boas apresentações, nos ajudando bastante”, avaliou.

Ainda de acordo com o dirigente, o Clube estuda a possibilidade de repor um jogador para a posição. “Estamos avaliando o mercado, vendo da condição financeira, para dar o próximo passo”, completa Dalla Vécchia.

Publicidade

Blog dos Colunistas