Publicidade

Esportes

‘Outro campeonato’, projeta Ypiranga

Canarinho começa a decidir vaga nas quartas de final diante do Cruzeiro na tarde desta quarta-feira

Marcio Nunes projeta jogo importante nesta quarta
Por Edson Castro
Foto Edson Castro

Passo a passo. Algo já projetado e mais do que nunca em voga no Colosso da Lagoa. O Ypiranga começa a decidir na tarde desta quarta-feira (31), uma vaga para as quartas de final da Copa Wianey Carlet. O Canarinho enfrenta o Cruzeiro, a partir das 15h30, no CT Hélio Dourado, em El Dourado do Sul.

O adversário tem tradição no futebol gaúcho, de outro lado, o técnico erechinense Marcio Nunes comemora o fato de ter caído numa sequência de jogos que acontecerão em locais com bons gramados. “Mas é um jogo de cada vez. Temos o Cruzeiro antes de mais nada, senão passar agora, não haverá Pelotas ou outro adversário”, alerta o volante Robson.

O jogador aliás, pode surgir como novidade no time titular de Marcio Nunes. Sem Jean Silva, ainda se recuperando de uma lesão, Robson surge como possibilidade. O treinador, que fechou a preparação na manhã desta terça, em Erechim, tem ainda o retorno do zagueiro Saimon e do atacante Jackson, que cumpriam suspensão.

“O time ganha com a volta destes dois jogadores, principalmente na força e no caso do Saimon, também na liderança pela experiência. Jogos de mata-mata exigem uma pega um pouco maior e esperamos ter também com estes dois jogadores”, acrescenta o técnico.

Alerta

Marcio Nunes diz que será preciso muita concentração e dedicação para passar pelo Cruzeiro. “A gente já enfrentou um mata diante do Lajeadense, em que sofremos gols fora de casa, e depois, pelo fato do gol qualificado, tivemos que fazer um esforço extra em casa para avançar de fase. Então é importante tentar sair de El Dourado do Sul sem sofrer gols”, alerta o treinador.

Ele enfatiza que o time será montado neste sentido. O Canarinho quer tentar voltar com resultado positivo do primeiro jogo diante do Cruzeiro. “Sabemos da qualidade do adversário. Eles tem jogadores que estavam no Aimoré e que conhecemos muito bem. Sabemos também que será preciso muita atenção. Claro que queremos vencer. Mas sair com pelo menos um empate, pode ser bem positivo, já que vamos decidir a vaga em casa”, completa Marcio Nunes.

A delegação do Canarinho viajou para El Dourado do Sul ainda na tarde desta terça-feira. Com jogos importantes pelos matas a partir de agora, a meta é ter o time mais descansado possível, evitando viagens no mesmo dia do jogo.

Como a pontuação, visando as fases seguintes do torneio, seguem além da primeira fase, o Canarinho também tenta pontuar mais que o Pelotas ou Real, que fazem outra partida pelas oitavas, e que um irá encarar Ypiranga ou Cruzeiro nas quartas. Caso o Canarinho passe, o Pelotas não consiga vencer seus dois jogos, ou seja eliminado pelo Real, há uma chance de a decisão da próxima fase também ser em Erechim.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas