Publicidade

Esportes

Ypiranga começa nova caminhada na Copinha

Canarinho começa a decidir nesta quarta-feira uma vaga para as semifinais e poderá estar mais próximo do grande objetivo da reta final de ano

Ypiranga fechou preparação nesta terça
Por Edson Castro
Foto Edson Castro

O Ypiranga conseguiu se aproximar ainda mais do seu grande objetivo nesta Copa Wianey Carlet, ao eliminar o Cruzeiro no último domingo: o time quer estar na Copa do Brasil 2019. E para isso, só tem um caminho pela frente: conquistar a vaga via esta competição do segundo semestre da Federação Gaúcha de Futebol (FGF).

Mas para chegar ao intento, o Clube sabe que precisa avançar um pouco mais. E a partir desta quarta-feira (7), inicia a disputa da fase de quartas de final da competição contra o desconhecido Real, time que tem sede em Capão da Canoa, mas manda seus jogos em Tramandaí, no litoral gaúcho.

E será justamente em Tramandaí, que os dois times vão se enfrentar pela primeira vez na competição. Depois, a decisão da vaga será mesmo no Colosso da Lagoa, em Erechim, no próximo domingo.

A FGF aliás, fechou na manhã desta terça-feira a relação de datas e horários dos jogos das quartas de final. Com isso, a partir desta quarta, que estava marcada para às 15h, vai ficar para às 16h. No domingo, em Erechim, o jogo será às 17h.

Time encaminhado

O treinador Marcio Nunes não perde ninguém para enfrentar o Real, em Tramandaí, tanto por lesão ou cartões. Também é provável que ele mande a campo o mesmo time que começou diante do Cruzeiro.

A preparação da equipe foi finalizada na manhã desta terça-feira (6), mesmo dia que a delegação viajou para Tramandaí, tendo como objetivo evitar ao máximo os efeitos da viagem. Rua, lateral esquerdo que entrou na etapa final diante do Cruzeiro, diz que serão dois jogos complicados diante do Real. “Temos que manter o trabalho, criamos e tivemos boas chances diante do Cruzeiro e temos que seguir assim para tentar mais vez, passar de fase”, disse.

Respeito

O treinador Marcio Nunes quer o time do Ypiranga 100% focado para o confronto contra o Real. “Não pensem que é qualquer time, eles tem jogadores muitos experientes. Eu sei que se fosse contra o Pelotas, o nível de concentração de nossa equipe estaria no máximo, por isso temos que respeitar, porque dentro de campo são 11 contra 11”, alerta o técnico.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas