Publicidade

Região

Viagem a Brasília resultou na confirmação mais recursos financeiros para Quatro Irmãos

Secretário de Agricultura Valdecir Toigo, prefeito Adilson De Valle, presidente da CNM Glademir Arol
Prefeito Adilson De Valle e o secretário de Agricultura Valdecir Toigo.jpg
Seminário da CNM em Brasília com a presença do presidente da República Michel Temer..jpg
Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

O prefeito Adilson De Valle e o secretário municipal de Agricultura Valdecir Toigo estiveram em Brasília participando do Seminário Avanços da Pauta Municipalista promovido pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), no final da segunda quinzena do mês de novembro. O evento reuniu prefeitos de todas as regiões do país, num debate sobre as proposições encaminhadas durante o governo do último período (2015/2018) - algumas ainda pendentes -, e o que será apresentado aos responsáveis pela gestão que iniciará no dia 1º. De janeiro de 2019.

Entre os assuntos tratados com a presença do presidente da República Michel Temer e vários ministros de Estado, o aumento de 1% do bolo da arrecadação federal distribuída através do Fundo de Participação dos Municípios (PFM), aspiração antigas dos prefeitos – desde o início da década passada -, foi o destaque principal. O acréscimo no repasse entraria em vigor no mês de setembro deste ano. No entanto, as contas das prefeituras ainda não sinalizaram nada de novo.

Apesar do final da gestão complementar do vice-presidente Michel Temer estar com os dias contados, o governo federal fez renovar a expectativa dos prefeitos, após a garantia de que o processo está em andamento e o repasse dos valores será efetivado até o final do ano. Quem sabe com a retroatividade ao mês de setembro, esperam os prefeitos. Pacto Federativo, Lei das Licitações e Mais Médicos, também estiveram na pauta dos trabalhos do Seminário Nacional conduzido pelo presidente da CNM, Glademir Aroldi, ex-prefeito do município de Saldanha Marinho-RS.

Audiências

A viagem a Brasília serviu para o prefeito Adilson De Valle manter audiência com os parlamentares que defendem os interesses do município de Quatro Irmãos junto ao governo federal, indicando Emendas Parlamentares no Orçamento Público da União; dinheiro extra esse que tem ajudando na execução de projetos e obras que estão transformando à vida das pessoas no município para melhor. “Fomos agradecer os deputados e senadores que ajudaram Quatro Irmãos e renovar o pedido de que continuem nos apoiando pelos próximos anos” – diz o prefeito.

 Compromissos de agenda com os deputados federais Covatti Filho, Afonso Hamm, Marcio Biolchi, Luis Carlos Heinze, José Stédile, e o senador Lasier Martins, com mandatos em vigor, assim como o deputado federal Pedro Westphalen, que está chegando em Brasília, resultaram em mais recursos financeiros e a certeza de novas parcerias institucionais. Emendas Parlamentares foram confirmadas e novos encaminhamentos protocolados, num montante superior a R$ 1.5 milhão de reais, incluindo Emendas Parlamentares e recursos financeiros para aquisição de equipamentos rodoviários.

O prefeito Adilson De Valle e o secretário de Agricultura Valdecir Toigo estiveram também nos ministérios da Saúde, Educação, e Integração Nacional. Na avaliação dele, os colegas prefeitos integrados na Confederação Nacional de Municípios (CNM) estão com renovadas esperanças no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro, que assume no cargo no dia 1º de janeiro de 2019. Há um compromisso de campanha do presidente eleito no sentido de descentralizar os recursos do Orçamento da União, dentro da prática que deverá ser implantada de valorizar o papel dos prefeitos na gestão pública, pois é no município que tudo acontece. 

A ideia é a de que com dinheiro no caixa as soluções serão encaminhadas com mais rapidez e eficiência na solução dos problemas que afligem a população. “Mais município e menos Brasília” – esta é a frase mais presente na cabeça dos gestores municipais, quando falta menos de um mês para a posse do Administração Federal eleita no mês de outubro, para o período 2019/2022).

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas