22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,34 Dólar R$ 3,84
22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,34 Dólar R$ 3,84

Publicidade

Região

Grupo de gestores de saúde de Charrua visita Cetre em Erechim

Visita Cetre
Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

Um grupo de agentes de saúde de Charrua, acompanhado pela primeira-dama Dirce Della Betta, da esposa do vice-prefeito Marli Franklin, da presidente da Câmara de Vereadores, Marli Machado, e da secretária municipal da Saúde, Nilva Rebelatto, esteve visitando o Centro de Treinamento de Erechim (Cetre), com objetivo de conhecer um pouco mais sobre o curso de Plantas Medicinais, Aromáticas e Condimentares. Também integrou o grupo a presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Vilma Rebelatto, e as agricultoras Nelci Baggio e Rita Czamerk. O grupo esteve acompanhado do engenheiro agrônomo Oberdan Scolari e da extensionista social Roseli Bonesso, do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de Charrua.

Os visitantes foram recebidos pelo gerente regional adjunto da Emater/RS-Ascar de Erechim, Marcos Gobbo, pelo coordenador do Cetre, Jorge Silvano Silveira, e pela assistente técnica regional Social Nádia da Rosa, que deram as boas-vindas e expuseram sobre os cursos oferecidos pela Emater/RS-Ascar no local. O grupo também conheceu as instalações e a infraestrutura do Cetre.

O foco das orientações se deu em relação às plantas medicinais, já que um dos objetivos é qualificar as agentes de saúde e demais profissionais com a possibilidade de utilização das plantas medicinais na Unidade Básica de Saúde. As orientações foram repassadas pelas extensionistas Nádia da Rosa, Roseli Bonesso e pela farmacêutica Karen Marchetto e instrutoras do curso de Plantas Medicinais, Aromáticas e Condimentares. Elas falaram sobre a capacitação, o conteúdo programático teórico e prático e a legislação estadual e federal sobre as plantas medicinais, aromáticas e condimentares e sobre as Plantas Alimentícias Não Convencionais (Pancs).

Visita ao Horto – O grupo visitou o horto de Plantas Biotivas, instalado no pátio do Cetre, onde recebeu orientações. O horto apresenta três metodologias didáticas (boneco fitoterápico, relógio do corpo humano e espiral), além de ter um espaço para as Pancs, atende à legislação da Anvisa e vem sendo utilizado como uma das ferramentas no curso.

As plantas medicinais, aromáticas e condimentares, dispostas na metodologia do relógio, baseiam-se no uso tradicional e no conhecimento científico, correlacionadas aos órgãos conforme a ação terapêutica de cada planta. Entre as orientações repassadas estão as formas de identificação das plantas, o cultivo e o horário mais adequado para o consumo de acordo com cada órgão, entre outras dicas.

Curso – As próximas edições do curso de Plantas Medicinais, Aromáticas e Condimentares estão marcadas para maio (13 a 16/05) e outubro (21 a 24/10). Mais informações podem ser obtidas no site www.emater.tche.br.

Publicidade

Blog dos Colunistas