0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Geral

URA realiza agendamento diferenciado para castração

Desde o início do ano foi alterada a modalidade e os agendamentos são feitos no primeiro dia útil do mês até o 10º dia do mês subsequente

Uma fila expressiva se formou na manhã de ontem (2) para a realização do agendamento das castrações
Por Izabel Seehaber jornalismo@jornalbomdia.com.br
Foto Amanda Mendes

A Unidade de Referência Animal - URA - de Erechim promove a castração de cães e gatos (machos e fêmeas) do município. O serviço é gratuito e está disponível a toda população, porém, com novas regras. 

Se até há um tempo, os agendamentos podiam ser feitos em qualquer dia, desde o início deste ano foi alterada a modalidade e os agendamentos são feitos no primeiro dia útil do mês até o 10º dia do mês subsequente. Além disso, há uma limitação de cerca de 200 animais por mês. "O município possui uma demanda muito expressiva e antes a 'fila' se alastrava por muitos meses, era complicado", explica o coordenador da Vigilância em Saúde (Visa), Aldo Diligenti, citando que no passado as datas ficavam mais distantes para os procedimentos. "Com isso, algumas pessoas esqueciam, ou um dos animais fugia, enfim, diferentes situações".
Ao seguir as normas, as pessoas devem apresentar um comprovante de residência no ato do agendamento. "É um trabalho muito bom, sendo que a maneira para controlar a população canina e felina, é por meio da natalidade, no caso, a castração. Isso, por sua vez, reduz o número de animais abandonados. Percebemos que as pessoas estão mais conscientes quanto a esse cuidado", salienta. 
Após o agendamento, feito no setor de Vigilância em Saúde, os animais são levados (no dia da castração), para a Central de Britagem - ponto de encontro para a equipe encaminhar os animais até a URA que está localizada junto ao Horto Florestal.
Os animais castrados recebem um chip para auxiliar no controle. Segundo o coordenador, para contribuir no trabalho está sendo estruturado um banco de dados com informações sobre os animais que passam pela URA. 
A Unidade conta com o trabalho de uma médica veterinária e seis estagiários do curso de Medicina Veterinária. 

Leia também

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas