22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,58 Dólar R$ 4,10
22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,58 Dólar R$ 4,10

Publicidade

Geral

Pausa na chuva e temperaturas amenas

Para observador da Embrapa, Ivegdonei Sampaio, maio está sendo um mês típico do Outono
Por Amanda Mendes
Foto Amanda Mendes

Passados os períodos de instabilidade que marcaram a região Alto Uruguai desde a última sexta-feira (10), a chuva promete dar uma trégua. A previsão é do observador meteorológico da Embrapa, Ivegdonei Sampaio, ressaltando que a partir desta terça-feira (14), as nuvens carregadas devem se afastar e possibilitar a entrada do ar mais seco na região. 
Com isso, hoje o dia ainda deve amanhecer nublado, mas à tarde o sol aparecerá. Essa pausa deve ficar até este fim de semana. "A chuva provavelmente irá retornar no domingo (19), podendo se antecipar no sábado (18), no entanto, a previsão estendida (que considera mais de cinco dias) prevê tempos mais chuvosos a partir de domingo", pontuou Sampaio. 
O observador explica que na última sexta-feira (10) houve uma entrada de frente fria na região, registrando chuvas fortes em alguns momentos, mas que desde domingo (12) ela perdeu forças. "Ontem (13) amanheceu com pancadas de chuva, mas a tarde já acalmou e isso se explica porque a nebulosidade que tivemos no fim de semana está se afastando e com essa entrada de ar seco, o tempo deverá ficar firme. Assim, nos próximos dias, o amanhecer terá céu claro e à tarde não deverá registrar muitas nuvens, principalmente na quarta (15) e quinta-feira (16)", reforçou Sampaio. 
De hoje à quinta-feira (16) os termômetros devem marcar temperaturas mínimas de 10 a 12ºC e máximas entre 22 a 24ºC. Na sexta-feira (17) a previsão mostra uma certa elevação nas temperaturas, de 12º para as mínimas e 25º nas máximas. 

Variações climáticas são características do Outono 
O observador ressalta ainda, que a essas variações são características da estação. "Nós estamos vivenciando um mês típico do outono e não tem anormalidade. Afinal, essa estação é uma transição entre o verão e o inverno e com bastante amplitude térmica, as diferenças nas temperaturas são recorrentes. Mas o frio deve se intensificar entre o fim de maio e o início de junho, com possibilidade de temperaturas negativas e formação de geadas", concluiu Sampaio. 

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas