0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Região

História de Gaurama contada através das profissões

Olhos atentos, anotações, curiosidades. Esse foi o clima que marcou a comemoração ao Dia Internacional dos Museus

Semana do Museu em Gaurama
Por Assessoria de Imprensa

Tanoeiro, magarefe, guarda livros, caixeiro viajante, tumuleiro, cirurgião barbeiro, guarda fios, acendedor de lampião. Essas foram algumas profissões que fizeram parte da economia de Gaurama e de muitos outros municípios, mas que hoje, deixaram de existir. Outras ainda existem, porém sofreram alterações com as tecnologias como telefonista, datilógrafo, moleiro, oleiro e outras.

Foi nesse túnel do tempo que a comunidade gauramense e os alunos do 4º ao 7º  ano das escolas públicas municipais e estaduais do município, viajaram na terça-feira (28), no plenário da Câmara de Vereadores.

A atividade chamada “Um passeio pelo tempo: trabalho e profissões na História de Barro – Gaurama”, faz parte da programação nacional em comemoração ao Dia Internacional dos Museus (18 de maio) e foi feita em conjunto pela Secretaria Municipal de Educação, a diretoria de Cultura, Gladis Helena Wolff e a diretora do Museu, Elisiane Gnovato.

Gladis explicou as fotografias que estavam sendo projetadas. Uma aula de história na prática, onde os alunos puderam visualizar a arquitetura antiga do município e se localizarem. “Além das profissões, a gente mostrou como era a nossa cidade quando o trem fazia parte da realidade. Mostramos as empresas que existiam, os meios de transporte, a evolução das ruas da cidade. Foi impressionante a curiosidade dos alunos e da comunidade que nos procurou para detalhar alguns fatos históricos”, afirma.

Relatos  das experiências profissionais de Tercílio Provin Dariva e Rudolfo Germano Franke ativaram uma série de perguntas sobre as atividades, como desenvolviam seus trabalhos, como contribuíram para o desenvolvimento de Gaurama, sobre a vida nas décadas passadas. Emocionados, os convidados responderam a todos com muita atenção e essas participações enriqueceram o evento.

“O nosso Museu tem muita história para contar. Além de ser referência, conta com um grande acervo que está à disposição da nossa população e dos nossos visitantes”, afirma o prefeito Leandro Márcio Puton.

Quem quiser conhecer as profissões e outros fatores históricos, pode estar visitando o Museu em horário comercial, ou agendar uma visita em horários especiais.

Publicidade

Blog dos Colunistas