13°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,20 Dólar R$ 3,72
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,20 Dólar R$ 3,72

Publicidade

Região

Prefeito Hilário Kolassa se reúne com DAER na busca pelo asfaltamento da ERS 477

Nesta segunda-feira (17), uma comitiva formada por lideranças de Centenário e Carlos Gomes se reuniram com a direção do DAER para pleitear acesso asfáltico

DAER
Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

Na manhã desta segunda-feira (17), uma delegação do Alto Uruguai, formada pelo prefeito de Centenário Hilário José Kolassa, o prefeito de Carlos Gomes, Egídio Moreto e o secretário de Administração de Centenário Rodinei Augusto Banaszeski, esteve em audiência com o diretor de Infraestrutura Rodoviária do Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem, DAER, o engenheiro Luciano Faustino da Silva, para buscar uma alternativa que viabilize o acesso asfáltico nos dois municípios.

A microrregião tem uma participação significativa na economia do Alto Uruguai, principalmente pela produção agrícola, porém, a falta de acesso asfáltico aos municípios encarece o escoamento da safra, além de inviabilizar investimentos em outros setores da economia, resultado em um impeditivo para o desenvolvimento, não apenas dos municípios, mas também de toda a região.

Durante a audiência foi discutido o início das obras em um trecho de oito quilômetros da rodovia ERS 477, que liga Centenário a Áurea. O prefeito de Centenário, Hilário José Kolassa destacou que esta é uma reivindicação do município há muitos anos, e muito trabalho já foi feito para viabilizar este asfaltamento. Ele enfatizou que o projeto de engenharia e a licença ambiental já estão concluídos, e os moradores da região aguardam a liberação de recursos para o início das obras.  

A comitiva ainda apresentou uma proposta para viabilizar o asfaltamento de outro trecho da ERS 477, que liga Centenário a Carlos Gomes. Os prefeitos apresentaram a proposta da realização de um termo de cooperação, onde os municípios possam entrar com os recursos para viabilização do projeto de engenharia e a licença ambiental, além de se comprometeram no apoio político na busca de recursos junto à bancada gaúcha da Câmara Federal para complementar a execução da obra. Entretanto a direção do DAER destacou que neste momento não há recursos suficientes para realização do asfaltamento nos dois trechos, porém viu com bons olhos a possibilidade de cooperação entre as prefeituras, deputados federais e o DAER, e destacou que caso seja confirmada a venda de empresas estatais, será possível destinar recursos para viabilizar as obras de asfaltamento nestes municípios.

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas