22°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,16 Dólar R$ 5,23
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,16 Dólar R$ 5,23

Publicidade

Esportes

Atlântico vence Guarany e conquista o título na Liga Gaúcha

Quarto título da história do Galo no Estadual
Por Assessoria de imprensa
Foto Diogo Tapia/Especial

O Atlântico é campeão da Liga Gaúcha de Futsal 2019. A equipe garantiu a conquista na noite desta quinta-feira, 12, ao vencer o Guarany, em Erechim, por 4 a 0. A conquista sela o tetracampeonato estadual da equipe.

Uma conquista para entrar na história dos atletas, da comissão técnica, da diretoria e do torcedor verde-rubro que lotou o Caldeirão e fez uma linda festa, comemorando ao final o segundo título esta temporada. Vale lembrar que antes, o Galo havia sido campeão da Taça Brasil.

“A gente trabalhou muito para isso, é um fim de ano maravilhoso”, disse o treinador Giba. Allan terminou também como artilheiro do campeonato, ao lado de Bob, do Marau, cada um com 23 gols. “Eu disse que estava deixando um clube que aprendi a gostar muito, mas que ainda tinha algo a fazer por este clube, por esta torcida. Este título sela um grande ano de todo este grupo”, acrescentou.

Antes, o Atlântico havia sido campeão estadual em 2011, 14 e 16.

O jogo do título

A partida no Caldeirão do Galo, nesta quinta, tinha todos os ingredientes de uma grande final. O ginásio lotado, em quadra as duas equipes de melhor campanha nas fases anteriores da Liga. E o jogo não poderia ter sido diferente: um grande confronto.

A 5min38, Barbosinha escapou pela direita e chutou ainda de fora da área, sem chances para o goleiro do Guarany: 1 a 0 Galo.

A 10min32, Gessé acertou a trave em mais uma oportunidade erechinense. Já aos 14min05, não teve trave e nem goleiro que impedisse o gol do artilheiro Allan, que em jogada pela esquerda definiu e fez 2 a 0.

O terceiro gol veio ainda na primeira etapa. A 18min25, bola na área e Gessé desviou da marcação para fazer 3 a 0.

A segunda etapa começou com o Guarany tentando descontar e para isso passou a atuar com goleiro linha desde os primeiro minutos. Mas a 4min05, Deivão acabou expulso em uma confusão no meio da quadra. Depois, a 12min54, Cleber acertou a trave.

O Atlântico se segurava bem na marcação e era perigoso nas jogadas ofensivas. Tanto, que aos 19min06, Lucas aproveitou a sobra na jogada de goleiro linha e definiu o placar em 4 a 0.

Publicidade

Blog dos Colunistas