14°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,73 Dólar R$ 5,71
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,73 Dólar R$ 5,71

Publicidade

Região

Barão de Cotegipe: momento para se reinventar

Escola municipal organiza atividades complementares, a distância, para crianças no período de quarentena

png
Por Da Redação
Foto ASCOM

Estamos vivendo um novo cenário mundial e a cada dia tendo que nos reinventar. Muitos pais, até então com pouco ou nenhum tempo para seus filhos estão preocupados com o que fazer com tanto tempo livre. Outros, trabalhando, mas mesmo assim dispondo de um tempo maior com os filhos, pois, sim, “eles estão a nossa volta, estamos confinados na companhia constante uns dos outros, pais e filhos”, afirma Ducili Richetti, secretária municipal de Educação e Cultura de Barão de Cotegipe.

Segundo ela, as crianças, acostumadas a sair para brincar, ir à escola e encontrar amigos para conversar, correr, gastar as energias agora, estão constantemente agora com seus familiares, “entediados, fazendo mil travessuras, conversando como nunca, inventado experiências e, sempre, com muita fome”.

“Estamos em tempos diferentes, novo para todos. É o professor que precisa aprender a ensinar a distância, sem perder o foco da aprendizagem, ainda descobrindo como ‘medir’ este aprendizado. Longe de seu olhar de especialista, pensar e planejar a próxima atividade, além disso, pensar em como explicar esta atividade a distância”, afirma.

Conforme Ducili, esses estão sendo os dias da direção e professores da Escola Municipal Ângelo Rosa, com apoio da Smec, isto é, planejando e organizando atividades complementares, que são enviadas através das redes sociais aos pais e responsáveis, para assim, diminuir a distância entre escola e família.

“Por outro lado, como pais, estamos tendo que reaprender brincadeiras, acompanhar com mais proximidade as atividades dos filhos, entender a proposta de atividade da professora”, diz.

Desafios

Para Karlena Bessa, mãe de Carlos, aluno do primeiro ano, “a iniciativa de criar um grupo nas redes sociais para enviar atividades escolares foi de suma importância, porque as crianças não perdem o fio da meada em questão de aprendizado. É com estímulos como esses que se vai longe. As crianças começam a criar memória afetiva e dão asas à imaginação. Parabéns aos professores e toda a equipe diretiva”, comenta.

As crianças da educação infantil, que compreende crianças até 5 anos, que a escola atende, também recebem sugestões diárias. 

“Neste momento atípico em que estamos vivendo é de suma importância que as crianças permaneçam em casa. Como mãe acredito que a educação a distância com uso de computadores e atividades complementares é primordial para dar continuidade a aprendizagem das crianças, e manter o vínculo com a escola. A EMEF Ângelo Rosa, juntamente com seus professores, tem desenvolvido muito bem essas atividades. Agradeço pelo empenho e dedicação”, afirma Leila Ongarato, mãe das gêmeas Heloisa e Maitê que frequentam o Pre-B.

“Mesmo em tempos difíceis, a parceria escola e família vem para amenizar e confortar”, diz a secretária.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas