16°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,32 Dólar R$ 5,38
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,32 Dólar R$ 5,38

Publicidade

Região

Ipiranga do Sul: limpeza que embeleza, traz bem-estar e até retorno financeiro

Na região Alto Uruguai, em vários municípios, estão sendo realizadas atividades como limpeza dos arredores das propriedades rurais, não só visando o embelezamento e ajardinamento, mas também para evitar a proliferação de insetos e pragas

Ipiranga do sul propriedade Dionice e Zelirio Beledelli
Por Da Redação
Foto ASCOM

Na região Alto Uruguai, em vários municípios, estão sendo realizadas atividades como limpeza dos arredores das propriedades rurais, não só visando o embelezamento e ajardinamento, mas também para evitar a proliferação de insetos e pragas. A iniciativa é da Emater/RS-Ascar em parceria com a Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), que desenvolvem diversas ações para a preservação da natureza e melhoria do ambiente familiar.

Em Ipiranga do Sul, por exemplo, as propriedades rurais são incentivadas a fazer a limpeza dos arredores, saneamento básico, ajardinamento, embelezamento para mudar a paisagem. Nesse sentido, muitas propriedades deram início às primeiras mudanças para projetos mais ousados de turismo rural, buscando mais uma alternativa de renda para as propriedades. No município, muitas famílias aderiram ao projeto Caminho das Flores, Cores e Sabores, que se tornou roteiro rural em 2008, a partir de concursos realizados para motivar as famílias no embelezamento das propriedades, numa parceria da prefeitura de Ipiranga do Sul e Emater/RS-Ascar.

A produtora, Dionice Beledelli, tem sua propriedade localizada na comunidade São João Vianei e integra o roteiro Caminho das Flores, Cores e Sabores. Ela destaca a importância para a família e para os visitantes, e como o ajardinamento mudou até mesmo a sua vida. “Lidar com as plantas proporciona bem-estar e faz bem à saúde, porque nos mantêm ocupadas. Além disso, nos deixa encantados”, observa.

Outro exemplo no município de Ipiranga do Sul é o da propriedade da produtora, Sizelda Beledelli, que também faz parte do roteiro rural. Ela mora há 60 anos na propriedade. “Meus pais tinham esse cuidado com os arredores, com o lixo e com as frutíferas, e eu continuo trabalhando para melhorar ainda mais, sem risco de doenças como a dengue”, explicou. E, acrescenta, “temos muito orgulho de mostrar a propriedade aos visitantes”.

Para a extensionista rural social do Escritório Municipal de Ipiranga do Sul, Renata Bombana, essa prática de cuidados com os arredores e embelezamento da propriedade faz parte das ações desenvolvidas pela Emater/RS-Ascar no sentido de apoiar as famílias rurais na organização da propriedade.

“Trabalhamos na melhoria, na destinação correta do lixo, os esgotos domésticos e o paisagismo. Tudo isso, também ajuda evitar a proliferação de insetos e evita doenças. As famílias melhoram a autoestima e se sentem bem na sua propriedade”, pontua.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas