0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Geral

Neto usa capa de chuva como proteção para abraçar sua avó

Ideia do erechinense Pedro Haubert, de 9 anos, possibilitou homenagem e encontro da família em meio a pandemia da covid-19

Com proteção de capas de chuva, Pedro conseguiu realizar o desejo de abraçar sua avó, Celma
Pedro e Laura Haubert
Por Amanda Mendes
Foto Divulgação

“Gostaria de poder lhe dar um abraço”: dessa maneira que o erechinense Pedro Haubert, de 9 anos, queria presentear sua avó materna, Celma, em seu aniversário na última quarta-feira (24).

Contudo, com as medidas de distanciamento social para conter as transmissões do novo coronavírus, Pedro precisou exercitar a imaginação para concretizar seu desejo.

À reportagem, a mãe do menino, Juliana Sattler Haubert, contou que Pedro escreveu uma carta com o pedido. “Como minha mãe já tem idade avançada e alguns problemas de saúde, ou seja, está incluída no grupo de risco, desde março nós não a visitamos, mas essa é uma data especial, então, meu filho teve uma ideia para conseguir vê-la, pelo menos, em seu aniversário”.

Pedro pensou que se usasse uma proteção em todo seu corpo, poderia tocar sua avó. “Ele e sua irmã, Laura Haubert, tiveram a ideia de usar capas de chuvas, higienizadas, para poderem abraçar ela e também entregar alguns presentes”, acrescentou Juliana.

Celma, que mora em Passo Fundo, recebeu os netos de surpresa. “Viajamos sem avisá-la, porque queríamos homenageá-la. Estávamos sem nos ver há mais de três meses por causa da pandemia, então, foi muito bonito”.

“Foi uma troca de carinho e afeto, de uma maneira mútua e incrível. Minha mãe mora sozinha, então ficou extremamente emocionada com a iniciativa de Pedro. Acredito que tenha sido especial para ela e, com certeza, nos deu mais esperança para aguardar o período de isolamento social acabar”, finalizou Juliana.

Publicidade

Blog dos Colunistas