14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Geral

Palcos da Vida: projeto une arte e Psicologia para manter cuidado com a saúde mental

Ação desenvolvida com apoio do edital Faace, 100 anos de Cultura, da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo de Erechim, está com inscrições abertas

FOTO: PALCOS DA VIDA Projeto utiliza abordagem do psicodrama, visando o cuidado com a saúde mental
Por Amanda Mendes
Foto Divulgação

O projeto “Palcos da Vida: a arte de viver”, que une a cultura e a psicologia com objetivo de melhorar a saúde mental da população, está com inscrições abertas. A iniciativa foi viabilizada por meio do edital Fundo de Apoio as Artes e a Cultura de Erechim (Faace) 100 anos de Cultura de 2019, da Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Turismo de Erechim.

As oficinas são desenvolvidas por duas psicólogas, Camila Dall Bello e Andreia Carbonera, e pelo professor de Teatro Juliano Santos, com financiamento público.

Psicodrama

Camila, que é a coordenadora do projeto, explica que as oficinas utilizam uma abordagem do psicodrama. “É uma técnica terapêutica existente na Psicologia, no entanto, pouco difundida aqui na região do Alto Uruguai, ela usa a dramatização e espontaneidade para a expressão e elaboração de conteúdos psíquicos. Além disso, nas oficinas atrelamos também outras técnicas do Teatro e das Artes Cênicas, tais como, dramatização, improviso, aquecimento corporal, concentração, comunicação, reflexões, autoconhecimento, descontração e sociabilização”.

Dessa maneira, as oficinas buscam promover uma aproximação da pessoa consigo mesma, bem como com os outros, de uma forma leve e divertida. “Buscamos oportunizar um encontro terapêutico entre psicologia, artes, cultura e histórias de vida. Sobretudo, acredito que o contato da população com a arte e a cultura é uma forma de cuidado com a saúde mental”, pontua Camila.

Adaptações em função da pandemia

As atividades iniciaram em fevereiro, contudo, por causa da pandemia provocada pela covid-19, elas foram suspensas em março. “Com a mudança na classificação de risco a contaminações ao novo coronavírus na região, com a bandeira laranja, fomos autorizados a voltar e concluir o cronograma de oficinas”, comentou Camila.

Faltam seis oficinas, com encontros às quartas-feiras, entre 19h às 22h, no período de 21 de outubro a 28 de novembro, no Centro Cultural 25 de Julho.

“Além da suspensão temporária, por causa da pandemia, tivemos que reduzir o número máximo de participantes por oficina, para evitar aglomerações e facilitar o distanciamento social nas atividades. Ainda, iremos tomar todos os cuidados que exigem os protocolos sanitários, bem como, utilizar os equipamentos de proteção individual”, acrescentou a psicóloga.

Inscrições

As inscrições estão disponíveis até o dia 11 de novembro ou conforme a disponibilidade de vagas, e devem ser realizadas por meio do telefone/Whatsapp (54) 991753217, junto à coordenadora Camila.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas