12°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Esportes

Grêmio vence o Caxias no jogo de ida das semifinais do Gauchão

teste
Diego Souza marcou os dois gols do Grêmio
Por Alan Dias
Foto Lucas Uebel/Grêmio

O Grêmio venceu o Caxias na noite deste domingo (2), no jogo de ida pelas semifinais do Campeonato Gaúcho. Jogando no Centenário, o Tricolor venceu a equipe da casa por 2 a 1 e largou em vantagem na decisão.

A partida alterou bons momentos para as duas equipes e foi marcada também por algumas confusões e reclamações.

Com o resultado o Grêmio pode empatar no jogo da volta, marcado para o próximo domingo, que estará classificado para a final. O Caxias precisa de vitória por um gol para levar aos pênaltis e por dois para garantir a classificação.

 

Primeiro tempo

A partida iniciou com o Grêmio propondo o jogo e o Caxias postando suas linhas para tentar impedir os avanços e sair em contra-ataque, mas não chegava até a área de Brenno. Melhor em campo, o Tricolor atacava mais, porém falhava na última bola. Aos 13’, Ferreira recebeu cruzamento alto na área, tentou finalizar de primeira, mas errou o pé da bola, perdendo grande chance. Aos 17’, Ferreira brigou pela bola e rolou para Diego Souza, que sozinho, na entrada da área, bateu para fora. Mas aos 22’o artilheiro não perdoou. Thiago Santos tentou passe para Léo Pereira, mas Guilherme Mattis cortou para o lado.

 

Grêmio abre o placar

A bola sobrou para Diego Souza que bateu cruzado, no canto de Marcelo Pitol e abriu o placar. O Caxias tentou sair para o jogo e só conseguiu colocar Brenno para trabalhar aos 34’, em chute de Tontini. O time da serra aumentou a pressão e aos 38’, após bate-rebate na área gremista, Tontini pegou rebote na entrada da área, mandou uma bomba e marcou golaço, mas o VAR pegou toque de mão de Giovane Gomez e o gol foi anulado.

 

Muita confusão

Na sequência houve confusão e o médico do Caxias acabou expulso e de acordo com a regra do campeonato, se um membro da comissão leva o cartão vermelho, o técnico da equipe precisar sair também, assim, Rafael Lacerda deixou o gramado. O Caxias seguiu buscando o empate e aos 46’, Jhon Cley cobrou escanteio, Rafinha tentou tirar, mas deu uma casquinha para trás. A bola sobrou no pé de Marlon, que deixou tudo igual. No último minuto, nova confusão, desta vez entre Marcelo Pitol e Geromel. Ambos receberam amarelo. Na saída, um novo bate-boca envolveu Thiago Sales e Thiago Santos.

 

Segundo tempo

No segundo tempo os dois times tentaram se soltar, mas não conseguiram muita efetividade nos primeiros minutos e apostaram nas faltas para parar os avanços dos adversários. A primeira chance só surgiu aos 10’ e foi para o Caxias. Jhon Cley cobrou falta e a bola sobrou para Thiago Sales, que subiu livre para cabecear na pequena área, mas Brenno brilhou e evidenciou a dificuldade do time nas bolas paradas.

 

Caxias melhor

O Caxias era melhor em campo, mas quem teve ótima chance foi o Grêmio. Aos 22’, Maicon tabelou com Jean Pyerre que tocou para Diego Souza ficar cara a cara com Pitol e chutar para grande defesa do goleiro. O Tricolor melhorou a marcação e o jogo ficou truncado no meio. Enquanto isso, o técnico do Caxias acompanhava o jogo do camarote do Centenário e se comunicava por rádio com o assistente, o que a regra não permite.

 

Grêmio amplia

Aos 33’, Ferreira recebeu cruzamento na área, tentou subir para dominar, mas Matheuzinho pisou em seu pé e ele caiu. O árbitro mandou o jogo seguir, mas foi alertado pelo VAR, conferiu o vídeo da jogada e anotou pênalti. Cinco minutos após o lance, Diego Souza foi para a cobrança. O artilheiro bateu no canto esquerdo de Pitol, que saltou para o outro, e recolocou o Grêmio à frente no placar.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas