14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Esportes

Grêmio empata com o Brasiliense e está nas oitavas de final da Copa do Brasil

teste
Jogo no estádio Elmo Serejo Farias, foi de poucas oportunidades
Por Alan Dias
Foto Lucas Uebel/Grêmio

O Grêmio empatou sem gols com o Brasiliense no jogo da volta pela Copa do Brasil e garantiu classificação para as oitavas de final da competição.

A partida, realizada na tarde de hoje (10), no estádio Elmo Serejo Farias, na capital federal, o Tricolor podia perder por um gol de diferença, já que na Arena havia vencido por 2 a 0. Com a vantagem, o time gaúcho adotou uma postura defensiva, colocando no meio-campo Thiago Santos e Lucas Silva.

Precisando vencer, o Brasiliense tentava ser ofensivo, mas com pouca iniciativa e parava na marcação do Grêmio, que apostava nas tentativas de contra-ataques. As estratégias não deram muito certo para nenhuma das equipes e o que se viu em campo foi um primeiro tempo de poucas emoções.

O único lance de perigo na primeira etapa aconteceu aos 46’. Zé Love cobrou falta na área, ela sobrou para Sandy, que chutou no gol, mas, bem posicionado, Paulo Victor fez a defesa.

 

Aposta nos titulares

Para a segunda etapa, buscando maior ofensividade, o técnico Tiago Nunes apostou no retorno dos titulares Diego Souza e Ferreira, recuperados da covid-19, nos lugares de Ricardinho e Léo Chú. Os donos da casa avançaram as linhas e, no início, a partida dava mostras que ganharia em emoção, mas logo voltou a ficar truncado e sem grandes chances para nenhum dos lados.

 

Cartões relâmpagos e expulsão

Aos 30’ do segundo tempo, o meia Zotti, do Brasiliense, recebeu cartão amarelo por reclamação. Quarenta e quatro segundos depois, em disputa de bola, ele acertou uma cotovelada em Luiz Fernando, recebeu o segundo amarelo e na sequência, o vermelho, e foi expulso.

 

Um a mais

Com um a mais em campo, o Grêmio aumentou a pressão, mas errando muito no último passe e nas conclusões. A grande oportunidade de abrir o placar surgiu ao 33’. Ferreira recebeu na esquerda da área, ajeitou e mandou uma bomba, cruzada, que estourou no travessão.

Publicidade

Blog dos Colunistas