14°C
Erechim,RS
Previsão completa
0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Esportes

Athletico-PR vence e Grêmio segue no Z4

teste
Grêmio tentou reagir na segunda etapa e marcou dois gols
Por Alan Dias
Foto Gustavo Oliveira/athletico.com.br

O Grêmio visitou o Athletico-PR neste domingo (26), e perdeu por 4 a 2 para o Furacão, na Arena da Baixada, e adiou o plano de sair do Z4.

Em partida válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, a equipe gaúcha foi burocrática, assistiu os donos da casa jogarem no primeiro tempo e viu Pedro Rocha abrir dois gols de vantagem, em 45 minutos de ataque contra defesa.

Para a segunda etapa, o time de Felipão adiantou as linhas e promoveu as entradas de Douglas Costa e Léo Pereira para tentar deixar o time mais ofensivo, porém deu espaços para os contra-ataques e sofreu mais um. A equipe gaúcha mostrou um princípio de reação, com Thiago Santos, que descontou, mas a resposta do Furacão foi imediata e o atacante Renato Kayzer aproveitou uma falha total da defesa para marcar o quarto do Athletico e segundo dele no jogo. O Grêmio ainda marcou mais um com Vanderson, mas não conseguiu evitar a derrota

O resultado manteve o Grêmio com 22 pontos, na 18ª posição, mas com as derrotas do Bahia e do Sport, o time, que tem dois jogos atrasados, terá mais uma chance de deixar a zona do rebaixamento na próxima rodada, quando recebe o Sport, 19º colocado com 17 pontos.

 

Os gols

Na primeira etapa o Furacão era só pressão e aos 30’ Pedro Rocha, ex-Grêmio, ganhou de Ruan na disputa e na velocidade, invadiu a área e bateu cruzado, sem chances para Gabriel Chapecó. Aos 45’, de novo ele, Pedro Rocha. Nikão cruzou na cabeça do atacante, à frente de Ruan, e de cabeça marcou o seu segundo gol.

Aos 9’ do segundo tempo, Cittadini venceu Thiago Santos na disputa, tocou para Khellven, que cruzou quase na entrada da pequena área. Renato Kayzer, entre Ruan e Rodrigues, subiu com tranquilidade para, de cabeça, marcar o terceiro do Furacão. Aos 13’, Vanderson cobrou escanteio e Thiago Santos subiu mais que a marcação na pequena área e cabeceou para o gol, descontando para o Grêmio. Aos 15’, Renato Kayzer recebeu cruzamento de Khellven, e sem marcação na entrada da pequena área, chutou sem chance de defesa para Gabriel Chapecó. Aos 38’, Douglas Costa lançou Vanderson na lateral direita da área. O lateral bateu forte, cruzado, e venceu o goleiro Santos.

Publicidade

Blog dos Colunistas