Publicidade

Estado

Estado fechou a semana pagando salários de até R$ 4 mil líquidos

rs.jpg
Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

O governo do Estado quitou, ainda na sexta-feira (5), os salários dos servidores com rendimento líquido entre R$ 3.200 e R$ 4 mil. Desta maneira, o pagamento integral da folha de dezembro alcança um total de 252.918 vínculos do Executivo, o que representa 74% da categoria com os vencimentos integralizados até o quarto dia útil deste mês. O recurso ingressará na conta corrente no início da noite.

Para atender a mais este grupo de servidores (30.315 vínculos), a Secretaria da Fazenda precisou ter em caixa um total de R$ 117,3 milhões. O volume praticamente é o mesmo que ainda nesta quinta-feira (4) possibilitou quitar os salários dos que têm rendimento líquido entre R$ 2.300 e R$ 3.200 (39.835 matrículas). Segue a projeção para quitar os salários aos demais servidores até o próximo dia 23, sempre de acordo com a arrecadação ao longo deste período.

Ao contemplar os salários de quem ganha líquido R$ 4 mil, 89,5% do Magistério estará atendido, o que representa 146.025 matrículas de professores, que constituem a maior categoria do serviço público. A parte líquida da folha do mês de dezembro fechou em R$ 1,175 bilhão (sem considerar as consignações bancárias). Ao todo, o Executivo contempla 342 mil vínculos entre ativos, inativos e pensionistas.

Operação Verão

Também nesta sexta-feira (5), a Fazenda confirmou a liberação de R$ 2,1 milhões para o pagamento de diárias dos guarda-vidas que atuam na Operação Verão. O repasse pendente corresponde às diárias da segunda quinzena de dezembro.

Outros R$ 4,5 milhões estão previstos para o pagamento de diárias ao longo do mês de janeiro. No último trimestre do exercício de 2017, a Operação Verão representou perto de R$ 17 milhões em despesas empenhadas.


FOLHA SALARIAL DE DEZEMBRO – SERVIDORES DO PODER EXECUTIVO

·         Dia 28/12  – Até R$ 2 mil líquidos (160 mil matrículas) – R$ 227,4 milhões

·         Dia 28/12 – Indenização pelos atrasos – R$ 73 milhões

·         Dia 2/1 – Pagamento integral folha das Fundações – R$ 25 milhões

·         Dia 3/1 – Até R$ 2.300 (182 mil matrículas no acumulado) – R$ 52,6 milhões

·         Dia 4/1 – Até R$ 3.200 (222 mil matrículas no acumulado) – R$ 117,4 milhões

·         Dia 5/1 – Até R$ 4 mil (252,9 mil matrículas no acumulado) – R$ 117,3 milhões. 

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas