Publicidade

Saúde

Novo especialista em reumatologia chega a Erechim

Por Izabel Seehaber jornalismo@jornalbomdia.com.br
Foto Izabel Seehaber

O município de Erechim e a região do Alto Uruguai contam com a atuação de mais um profissional na área de reumatologia. Renato Smith Davoli chegou em dezembro e visitou a redação do Bom Dia na manhã de ontem (10) junto à esposa Renata. 

Na ocasião, ele comentou sobre a expectativa de trabalhar na região, curiosidades sobre a especialidade e pontuou sobre as doenças mais comuns. 

Renato é formado em medicina desde 2001 e concluiu a especialidade em reumatologia no ano de 2005. Formado pela Unicamp, em Campinas/SP, após casar-se fixou residência em Vinhedo, aonde continuará a atuação uma vez por mês.

Conforme o médico, a mudança de residência ocorreu em razão de motivos pessoais, para ficar mais próximo de familiares. Ao mesmo tempo, Renato procurou aliar o objetivo à carência de profissionais na região e também considerou o custo de vida no município, além do fator segurança e educação.

Sobre a especialidade, ele relatou que é uma área que está em crescimento, principalmente em razão das demandas dos pacientes. Contudo, é considerada rara devido a pouca quantidade de profissionais especializados na área. "Fizemos medicina para curar os pacientes e a minha área não tem cura. Diante disso, criamos um vínculo. Além de ser uma área muito ampla, há muitas doenças e sintomas reumatológicos que também podem ser causados por outras doenças, tais como uma descompensação da tireóide, por exemplo", explica. 

Conforme o médico, entre as preocupações médicas está a qualidade das faculdades de medicina pelo país e a não continuidade ou acompanhamento do tratamento por parte de muitos pacientes. "Acredito que futuramente chegaremos à cura das doenças, pois provavelmente haverá terapias genéticas. Atualmente é uma área basicamente de ambulatório, que não precisa fazer muitos exames para obter o diagnóstico", pontua.

Sobre as doenças reumatológicas mais comuns está a osteoartrite, a artrose - bico de papagaio - até uma doença mais grave, como o Lúpus Eritematoso Sistêmico.  

"É importante que o encaminhamento médico a um especialista seja rápido, considerando que pessoas jovens também podem enfrentar doenças reumatológicas", alerta. 

Segundo o médico, a questão emocional também influencia no surgimento dos problemas. Por isso, exercícios físicos podem auxiliar muito na prevenção das doenças e melhoria do bem-estar. Sem contar que manter bons hábitos é fundamental para a qualidade de vida.

Os atendimentos do especialista ocorrem de segunda a sexta-feira, das 8h ao meio dia e das 14h às 18h, no Centro Hospitalar Santa Mônica.

Publicidade

Blog dos Colunistas