Publicidade

Política

Corsan realiza testes em Erechim

Por Karine Heller
Foto Reprodução/Corsan

Na quarta-feira (10) a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) realizou testes e ajustes em Erechim, relacionados ao sistema de transposição do Rio Cravo. De acordo com o gerente regional da Corsan, Joscelino Mikulski, os testes são necessários para que possa ser verificada, qualquer irregularidade na rede. “Durante o teste dessa semana, verificamos o pleno funcionamento do sistema e também um ponto de vazamento. Vale ressaltar que os testes são justamente para isso. Afirmamos que o único ponto de vazamento encontrado será consertado nos próximos dias”, declarou Mikulski.

Obra concluída

Para o gerente regional, vale ressaltar que a Corsan concluiu a obra de transposição do Rio Cravo em 2017. “Uma iniciativa emblemática para o município que representa um investimento na segurança hídrica de Erechim. Dessa forma, a Corsan garante o abastecimento de água da cidade em períodos de escassez pelos próximos 50 anos”, frisou Mikulski.

Fase de testes

O teste também foi acompanhado pelo superintendente regional da Corsan, Aldomir Antônio Santi, que declarou que o sistema será acionado sempre que necessário para manter o lago da Corsan em Erechim com seu nível máximo. “A transposição está concluída, estamos na fase de testes, ajustando os equipamentos ao longo da adutora. A vazão é significativa, e vai servir par manter a barragem em seu nível máximo. No momento não será necessário utilizá-la, pois a barragem se encontra cheia. Quando a mesma baixar 20 centímetros acionaremos o Rio Cravo para completá-la. Além disso, a capacidade de vazão do sistema é suficiente para atender sozinha 70% da demanda de Erechim”, explicou Santi.

Saiba mais

A obra consistiu na implantação de sistema para levar água do Rio Cravo até a barragem do Arroio Ligeirinho. Foram assentados 16 km de canalizações, utilizados mais de 1.000 m3 de concreto, instalados 17 km de reforço de rede elétrica e ainda dois motores de 1.050 cvs, totalizando um investimento de R$ 28 milhões. A obra, segundo a companhia, beneficiará diretamente mais de 30 mil famílias.

 

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas