Publicidade

Política

Vereadora propõe suspender a rotatividade de estacionamento para pacientes

Medida visa atender pessoas em tratamentos do câncer e hemodiálise

Placa de estacionamento rotativo
Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

Em atividade no município desde março deste ano, o novo estacionamento rotativo tem como um de seus objetivos garantir a comunidade um maior acesso às vagas. O tempo pré-determinado de permanência nesses espaços, no entanto, nem sempre atende às necessidades individuais de cada munícipe, que acabam pagando multas pelo tempo excedido – caso, muitas vezes, de quem realiza tratamentos do câncer e hemodiálise nos hospitais de Erechim. Pensando nisso, a vereadora Sandra Picoli (PCdoB) protocolou um pedido em que sugere que estas pessoas possam deixar seus veículos estacionados sem a obrigatoriedade de rotacionarnas vagas no entorno dos hospitais da cidade de Erechim.

Atualmente, o tempo de permanência de veículos em vagas no entorno dos hospitais é de duas horas. Conforme a sugestão protocolada pela parlamentar, a rotatividade fica desobrigada, desde que os veículos estejam identificados. Para Sandra, é importante que cidadãos nessa condição sejam favorecidos de alguma maneira, já que se trata de uma situação especial. “Faz-se necessário isentar os pacientes em tratamento de câncer, e ou hemodiálise do horário rotativo nas áreas demarcadas no entorno dos hospitais, visto que esse tipo de doença acarreta em muitos problemas pessoais e familiares. Sem o problema de multas ocasionais geradas pela excedência da ocupação da vaga, os pacientes poderão focar no que é mais importante, sua saúde”, observa a vereadora.

Publicidade

Blog dos Colunistas