Publicidade

Saúde

Novembro Roxo: um mês voltado à prematuridade

No Hospital Santa Terezinha de Erechim estão programadas atividades especiais para conscientizar sobre os cuidados com bebês prematuros

Os bebês internados recebem o cuidado e o carinho da equipe médica e de enfermagem
Por Izabel Seehaber jornalismo@jornalbomdia.com.br
Foto Izabel Seehaber

Após o Outubro Rosa voltado à conscientização sobre a prevenção do câncer de mama, é chegada a hora de registrar o Novembro Azul que se refere ao câncer de próstata. O período se refere ainda, ao Novembro Roxo, sendo que no dia 17 é o Dia Mundial da Prematuridade. 

Um em cada 10 bebês nasce prematuro, ou seja, com menos de 37 semanas, e por isso é fundamental reforçar o debate buscando chamar a atenção para a causa da prematuridade. 
O Brasil é 10° país no ranking mundial da prematuridade. A gestação na adolescência além da falta de cuidados pré-natais, tabagismo e a desinformação, são alguns dos desencadeadores do parto prematuro no Brasil, segundo estudo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).
Atualmente no hospital Santa Terezinha de Erechim, nove bebês estão internados e recebem o cuidado e o carinho da equipe médica e de enfermagem. 
Conforme a enfermeira Kerli Ariseli Orso, vários são os cuidados, desde intermediários a médios, que abrangem a atenção redobrada com a pele, o banho e a alimentação. Segundo ela, dois são os principais fatores que podem influenciar na prematuridade: a hipertensão e as infecções maternas, inclusive do trato urinário, e o descolamento de placenta. 
Aos 34 anos, a dona de casa Maria Cristina de Oliveira Lussani, acompanha a recuperação da filha Kemilly, nascida com 34 semanas está internada a 13 dias na UTI Neonatal. Ela disse à reportagem que o nascimento prematuro gerou um susto e muita preocupação, mas que agora está tudo bem com a saúde da bebê. "É uma equipe séria e que cuida das crianças com muito carinho", comentou. 


Atividades especiais
No dia 14 de novembro acontece o encontro com prematuros que passaram pelo Santa Terezinha. O evento inicia às 14h, no espaço do hospital (prédio ao lado). Também será realizada uma palestra sobre cuidados após a alta médica, com a pediatra Silvia Hoffman. 
A programação é aberta a toda comunidade e pretende reunir enfermeiros, técnicos e agentes de saúde de Erechim e região.

Publicidade

Blog dos Colunistas