0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Região

Mariano Moro: “A única saída é fazer gestão dos recursos públicos”, diz prefeito

O município de Mariano Moro está comemorando 53 anos de emancipação política e administrativa nesse mês de maio. Segundo o prefeito, Irineu Fantin, o município está num ótimo momento e conseguindo retomar os investimentos

Município vai completar 53 anos e vive um bom momento, diz prefeito Irineu Fantin
Por Ígor Dalla Rosa Müller
Foto Ígor Dalla Rosa Müller

O município de Mariano Moro está comemorando 53 anos de emancipação política e administrativa nesse mês de maio. Segundo o prefeito, Irineu Fantin, o município está num ótimo momento e conseguindo retomar os investimentos, depois de passar por um período de dificuldades e estagnação. No entanto, só foi possível retomar o desenvolvimento econômico e social depois de se priorizar a gestão pública.

Conforme o prefeito, Mariano Moro tem cerca de 2050 habitantes e um orçamento anual de R$ 14 milhões.  A economia é 86% agrícola e formada por pequenos e médios produtores.

Prefeito pela segunda vez, Irineu afirma que o município vive hoje um “ótimo” momento, depois de passar por um período crítico com o fechamento do hospital em 2015, e a interdição da escolinha de educação infantil por três anos por problemas estruturais.

Hoje, a situação é diferente, ano passado o município comprou o hospital e o está reformando. “Um investimento de quase R$ 760 mil, mais as reformas que estão sendo feitas no valor de R$ 360 mil. Tudo vai ser reestruturado, e o objetivo é transformar o hospital num posto 24 horas, e futuramente, fazer um Pronto Atendimento de Urgência (Padu)”, destaca.

Ele acrescenta, também, que foi reaberta uma UBS que estava fechada, entre outras obras como asfaltamento de ruas. “Hoje estamos normalizando tudo isso e podendo fazer investimentos”, afirma.

Agricultura

Irineu comenta que a agricultura, importante setor econômico, está também recebendo grandes investimentos. “Estamos dando todo o apoio necessário para que o agricultor se mantenha no interior com estradas ótimas e infraestrutura. Adquirimos várias máquinas, caminhão para espalhar esterco, equipamentos para patrulha agrícola, plantamos, fazemos silagem”, afirma.  

Saúde

Segundo o prefeito, o município gasta em torno de 24% do orçamento na saúde, tem distribuição gratuita de medicamentos, além dos já oferecidos pelos governos do estado e federal.

Educação

“Na educação investimos 26% do orçamento no ano passado. Estamos restaurando a escola de educação infantil, que foi interditada pelo Ministério Público, fizemos um investimento de mais de R$ 150 mil para reabrir, e a previsão é que no segundo semestre volte a funcionar”, observa.  

Outra iniciativa importante do município, além das reformas, foi implantar um setor de saúde dentro da escola. “Concluímos o consultório dentário e fizemos uma sala para atendimento médico, psicológico e de fisioterapia. Tudo dentro da escola, não precisa mais tirar o aluno dentro da escola para ser atendido na área de saúde”, afirma.

Habitação  

A construção de casas populares é outra ação importante na área social do município, o investimento chega a quase R$ 600 mil. Segundo o prefeito, “o município constrói as casas com recursos próprios para famílias carentes”. Além disso, tem um programa de reforma, que no ano passado contemplou 20 casas e esse ano está licitando mais 10. O programa envolve mão de obra ou recursos, que podem chegar até R$ 5 mil. “Estamos priorizando a parte habitacional”, diz.  

Ligação asfáltica  

Conforme Irineu, a falta de acesso asfáltico é um dos maiores problemas de infraestrutura que dificulta a vinda de empresas a Mariano Moro. Na sua avaliação os municípios não têm condições de assumir mais essa responsabilidade, porque já tem que investir em saúde, educação, agricultura, programas sociais que o governo implanta e o município tem que arcar com as despesas. “Se o município tiver que fazer asfalto aí compromete todas as áreas”, afirma.  

Praça

O município está licitando uma praça no valor de R$ 1 milhão, investimento que está sendo feito com economia de recursos.

Gestão

O prefeito ressalta que no início da administração fez um choque de gestão. “Paramos e fizemos somente o essencial, aí conseguimos fazer uma caixa bom”. Ele acrescenta que todo o mês a administração municipal procura fazer economia e, assim, ter recursos para fazer investimentos. “Isso está dando certo”, afirma.

De acordo com Irineu, o município não pode ficar refém das emendas parlamentares. “Tem que fazer gestão, o prefeito não pode pensar em uma saída melhor para o seu município, tem que fazer gestão senão está fora, tem que cuidar bem dos recursos públicos”, diz.

Emendas parlamentares

Ele acrescenta que também é importante buscar dinheiro de emendas parlamentares para fazer investimentos, e o município tem sido contemplado com bons recursos. “Temos uma emenda, que foi empenhada, para o final do ano de R$ 500 mil”, diz.

O esforço de ir a Brasília buscar emendas é necessário, porque são verbas que complementam o orçamento e permitem fazer investimentos. “Tem que fazer isso para complementar os recursos para aquilo que se pretende fazer nos municípios”, afirma.

Percentual dos contratos

Para o prefeito, é “um problema seríssimo” a cobrança da taxa de 12% realizada pela Caixa Econômica Federal sobre o valor do contrato das emendas parlamentares repassado ao município.  

Programação

A partir da semana que vem o município vai realizar uma programação gratuita em comemoração ao aniversário. O prefeito agradece a população de Mariano Moro por ser trabalhadora e ordeira. “Sempre que precisei pude contar com eles, e o povo pode sempre contar comigo”, diz.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas