13°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,20 Dólar R$ 3,72
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 4,20 Dólar R$ 3,72

Publicidade

Região

Reunião marca a instalação do SUSAF em Maximiliano de Almeida

Maximiliano de Almeida
Por Assessoria de Imprensa
Foto Divulgação

A comunidade de Maximiliano de Almeida recebeu nesta manhã de segunda-feira (17) a notícia de que o município está apto para comercialização via Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte – SUSAF.  A reunião realizada no gabinete da Prefeita Municipal registrou o encontro do grupo de pessoas que trabalham para implantação do sistema com representantes das associações locais.

Para Simone Deveras, coordenadora do Sistema de Inspeção Municipal – SIM, o trabalho já soma três anos de tratativas para o enquadramento no município no SUSAF. Ela ressalta o apoio da administração como fundamental para a conquista.

De acordo com a médica veterinária Letícia Fraron, o novo selo expande a comercialização com a garantia da inspeção selecionada e melhorada. A profissional é responsável pela criação das associações locais que viabiliza a conversação entre produtores e poder público na busca de melhorias e investimentos com a finalidade de agregar mais valor aos produtos e gerar ainda mais ganhos ao produtor.

O proprietário da agroindústria de laticínios Santo Antônio, Felipe Rossoni, destaca que o SUSAF abre portas para mais possibilidades de expansão nos negócios. A partir deste selo, todo o estado está aberto para novos mercados que permite ampliar a produção e a industrialização dos produtos.

Conforme a Prefeita Dirlei Bernardi dos Santos, essa conquista é significativa para o sistema de produção existente na localidade. A partir das demandas locais, com a finalidade de novas possibilidades, esse avanço permite a ampliação das agroindústrias e desperta o interesse de mais agricultores, servindo como incentivo para novos projetos.

Com o SUSAF, as agroindústrias locais passarão para um novo sistema de comercialização, permitindo a partir do registro do SIM, o enquadramento no SUSAF para venda de produtos em todo o território do Estado do Rio Grande do Sul. A implantação do sistema passará agora por organização e adaptações necessárias cumprindo a legislação vigente.

Publicidade

Publicidade

Blog dos Colunistas