0°C
Erechim,RS
Previsão completa

Publicidade

Região

Machadinho: município publica ações de enfrentamento ao coronavírus

unnamed.jpg
Por Da redação
Foto Ascom

O município de Machadinho, na manhã da quarta-feira (18), por meio do decreto municipal nº 548/2020, tornou público as orientações para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do surto pandêmico de coronavírus.

Considerando o decreto estadual e orientações da Associação dos Municípios do Nordeste Riograndense (Amunor), foram decretadas medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos a saúde pública a fim de evitar a disseminação da doença do município.

Para o prefeito de Machadinho, Alcir Grison, o assunto é muito sério e de extrema gravidade, necessitando que a população se cuide e fique atenta as medidas de proteção. Alcir destaca que todos os setores do município estão sendo orientados e como município turístico o Termas Resort Spa está tomando todas as medidas de proteção.

"Mediante esses fatos a economia sentirá os reflexos da diminuição do movimento turístico, assim como a presente estiagem que traz prejuízos no setor agrícola", afirma. O prefeito destaca que de forma ordenada todas as demandas estão sendo analisadas e os investimentos no município seguem conforme o planejamento já elaborado.

O secretário municipal de Saúde, Cristiano Schafer, alerta que o momento assertivo para medidas preventivas é agora, tentando evitar o aumento dos casos e proliferação do vírus. Cristiano destaca que a estrutura de saúde regional e estadual possui uma capacidade limitada de internações e equipamentos para atendimento, o que levará a falta de aparelhos e tratamento necessário para tratar a doença. "A solicitação é para que a população evite aglomerações, fique atenta a todas as recomendações que estão sendo divulgadas, e busque com cautela os serviços na UBS. Em caso de febre e quadro gripal a orientação é entrar em contato via telefone para que em sua casa receba a equipe de saúde", disse.

O sistema educacional municipal também passará por adequações. Conforme a secretária de Educação, Eveline Webber Betiolo da Rosa, as aulas e todas as atividades em contraturno estão suspensas pelo período inicial de 30 dias. A secretária destaca que há a preocupação com a aprendizagem, com o conteúdo, mas sobretudo com a saúde das crianças, sendo necessária esta suspensão neste período crítico. Eveline enfatiza que os alunos terão trabalhos a distância monitorados pelos seus professores, e assim terão atividades durante este momento. Não menos importante é salientar que o momento não é de férias para os alunos, mas de cuidados extremos evitando sair de casa sem necessidade.

O decreto municipal suspende todos os eventos públicos com aglomeração de pessoas como encontros de grupos da Terceira Idade, hipertensos e diabéticos, hidroginástica, grupos do Cras e Creas, oficinas municipais, escolinhas, invernadas e jogos do Campeonato Municipal de Futsal. A mesma solicitação é repassada para empresas privadas solicitando o cancelamento de festas, bailes, shows e encontros.

 

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas