16°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,44 Dólar R$ 5,44
0°C
Erechim,RS
Previsão completa
Euro R$ 6,44 Dólar R$ 5,44

Publicidade

Saúde

Coronavírus: Erechim entra na bandeira vermelha

Estado tem nove regiões na bandeira vermelha na 8ª rodada do Distanciamento Controlado
Por Redação
Foto Divulgação

O governo do Estado anunciou no início da noite desta sexta-feira (26), que Erechim entrou na bandeira vermelha do distanciamento controlado.

Sem conseguir reduzir o número de internados por Covid-19 em UTI de uma semana para outra (continuou com seis pacientes), os municípios que integram a região de Erechim tiveram um aumento de seis para oito casos por SRAG em leitos de tratamento intensivo. Além disso, a região teve 10 pessoas internadas por Covid-19 no último dia do levantamento, o dobro da semana anterior.

Ao mesmo tempo, Erechim sofreu uma redução de 18 para 14 a disponibilidade de leitos de UTI, um dos fatores que redundou na classificação final de bandeira vermelha. A região igualmente teve pequeno aumento dos casos confirmados de hospitalização por Covid-19 (de 9 para 10 registros) aos logo dos últimos sete dias.

Em conversa com a reportagem do jornal Bom Dia, o prefeito de Erechim, Luiz Francisco Schmidt disse se tratar de um erro do governo gaúcho e falou com a secretária estadual de Saúde, para que seja revista essa decisão.

 

Bandeira vermelha

Quando uma região fica com bandeira vermelha no modelo de Distanciamento Controlado para evitar o avanço do coronavírus, é preciso verificar o que muda nesses locais nos quais o risco de contágio é considerado alto.

A bandeira vermelha, em essência, impõe restrições mais severas àquelas adotadas em áreas com bandeira laranja. Nas regiões classificadas como bandeira vermelha, somente estabelecimentos que vendem itens essenciais podem estar abertos, mantendo 50% dos trabalhadores. Os demais locais de comércio devem ficar fechados.

Restaurantes e lancherias ficam proibidos de receber clientes no local, mas podem atender em sistema de tele-entrega, drive-thru e pegue e leve. Nos shoppings, também fica permitido o acesso apenas a serviços essenciais – como farmácias, lavanderias e supermercados, que podem operar com apenas 25% dos funcionários. Fora isso, os shoppings devem permanecer fechados, sem circulação de pessoas.

As aulas devem ser mantidas de forma remota. Cursos livres devem permanecer fechados, assim como escolas de ensino infantil, fundamental e médio e universidades.

Passam a ser totalmente vedados o funcionamento de academias, missas e serviços religiosos, clubes sociais e esportivos (mesmo que com atendimento individual) e serviços de higiene pessoal – como cabeleireiro e barbeiro.

O modelo de Distanciamento Controlado está dividido em protocolos que devem ser adotados para cada atividade econômica conforme a bandeira semanal. Por isso, é preciso que os moradores de cada uma das regiões acessem o site distanciamentocontrolado.rs.gov.br para consultar os protocolos específicos de cada setor.

Leia também

Publicidade

Blog dos Colunistas